quarta-feira, 5 de maio de 2010

Como Modificar Um Captador Single Coil Cerâmico Para Alnico

Devido a minha G.A.S. ( :-) ), tinha aqui em casa uns 12 captadores singles cerâmicos retirados de guitarras baratas que eu customizei com captadores melhores. Pois bem, para não jogá-los fora, resolvi dar um upgrade neles prá alnico e deixá-los pelo menos com uma certa dignidade (usáveis, portanto...).
Por questão de economia, os single cerâmicos, em vez de pinos individuais de imã alnico (liga magnetizada de alumíno/níquel/cobalto + ferro), apresentam pinos metálicos que conduzem o magnetismo de um grande imã retangular do tipo cerâmico/ferrite colocado na base do captador:



Essa configuração gera um campo magnético totalmente diferente do gerado pelos pinos de alnico, por isso a diferença (para pior) de sonoridade dos captadores cerâmicos. O resto da estrutura é basicamente a mesma de um single alnico genérico: fios/enrolamento, carretel da bobina, ligações, etc. Então, a ideia aí e tirar o imã cerâmico e os pinos metálicos e colocar pinos de alnico.

Pessoalmente, não gosto da sonoridade dos imãs cerâmicos, com pouca dinâmica e agressiva. Ficam legais em captadores humbuckers de alto ganho, com mais de 12-14k, mas num single clássico de strato eles não fazem nenhum sentido.

Antes de começar, um aviso:
"Trocar os pinos de captadores de qualidade geralmente provoca rompimento do fio e perda do captador, pois os mesmos costumam ser enrolados com o fio praticamente em contato com os pinos.
Essa manobra é indicada apenas para captadores chineses, onde a estrutura de plástico da bobina tem tubos que isolam os pinos dos fios."

1) - Primeiro, retire o imã cerâmico: via de regra ele é colado à base. Eu uso um formão e martelo de borracha, mas uma boa faca e martelo de carne já servem. Coloque o formão/faca entre a junção imã/captador e dê umas marteladas para forçar o descolamento. Geralmente ele "pula" fora, mas eventualmente pode quebrar e tem que continuar martelando. Sempre com cuidado para não atingir a área de onde saem os fios de cobre da bobina:



2) – Retire os pinos metálicos. Eles estão presos por pressão ou com uma leve colagem. Martele para cima e para baixo para soltar um pouco e puxe-os (sempre girando, é mais fácil) com um alicate. O captador deve ficar assim:



3) – Coloque os pinos de Alnico. Podem ser adquiridos em lojas especializadas no exterior ou na Malagoli: (clique aqui) Custam R$ 3,50 cada e disponíveis na altura de 14 ou 18 milímetros (use os de 18mm se quiser “estagiar” – deixar diferentes alturas para cada corda respectiva). Os de 14 milímetros são ideais para ficarem “flat” na superfície. Deixam o captador com visual mais “equilibrado” mas têm menor massa, portanto, menor magnetismo.
Dependendo do diâmetro dos furos dos carretéis de bobina plástica, se os pinos ficarem um pouco frouxos, passe um cotonete molhado com um pouquinho (mesmo) de cola tipo Super Bonder nos furos antes de colocar o pino de alnico. Se necessário (e não estiver fazendo estagiamento/escalonamento), coloque também uma fita adesiva na base.
Obs: pinos de alnico devem ter suas polaridades checadas no topo e na base (positivo/negativo ou sul/norte). Com uma simples bússola escolar pode-se checar as polaridades. Todos os pinos devem ser colocados com a mesma polaridade num mesmo sentido. O captador do meio entretanto, pode ter os pinos de alnico colocados de forma invertida (se o polo “sul” dos outros está prá baixo, o do meio terá os polos “sul” para cima ou vice-e-versa). Esse procedimento foi iniciado na Fender somente em 1977. Nessa situação, ocorre cancelamento de fase nas posições “3” e “4”, diminuindo muito o ruído natural dos single coils (obs: para cancelamento eficiente do ruído, o captador do meio deve ter as polaridades magnética/imãs e elétrica/fios invertidos em relação aos outros dois).
Ele chegam da malagoli em blocos enrolados com uma fita adesiva com os mesmos pólos no mesmo sentido (mas sempre é bom checar... ) Os pinos que serão usados no captador do meio devem ser virados de “cabeça para baixo” e instalados nesse sentido... (obrigado pelo lembrete Jaques...)

Captador (re)montado com alnico e colocado na guitarra (o do braço com pinos de 18mm e o do meio com pinos de 14mm) :





PS1: Em 90% ou mais desses single cerâmicos, existe uma camada de plástico que fica entre o imã e o fio (originalmente o fio é enrolado em contato direto com os pinos), diminuindo um pouco a potência real do imã (mas não acredito que caia a ponto de virar um "alnico IV"). Algumas vezes o efeito é até benéfico, deixando o single mais "macio" - principalmente aqueles entre 6 e 7K.

PS2: Dependendo do processo de fabricação, alguns cerâmicos (ex: guitarras SX vintage - eles passam cola por tudo, até na capa) não permitem esse "truque".
Além disso, não é incomum rompermos o fio de cobre durante o processo (todo cuidado é pouco - caso a secção do fio ocorra nos terminais, dá para arrumar, mas daí já é assunto para outro post). Aproveite as dicas do multímetro aí de baixo prá checar se o cap continua vivo até o final... :)

Com humbuckers é mais fácil ainda. SIGA O LINK (Clique aqui)

53 comentários:

  1. Grande Dr. Jack! PArabéns pelos posts extremamente educativos e elucidativos! Keep up with the good work man!

    ResponderExcluir
  2. Caramba, ficou show hein mestre? Abraço, Juliano.

    ResponderExcluir
  3. Show de bola!!! Estou fazendo isso com meus captadores cerâmicos também! http://www.flickr.com/photos/51363547@N02/4755644414/in/photostream/ dá uma olhada!!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Dez mano parabéns pelas dicas!!! muito bom!!!!!!!

    ResponderExcluir
  5. Jack, só para complementar o esquema. No site da Stewmac os caras disponibilizam esquemas de altura para o caps de strato e tele. Achei interessante. Segue o link:
    http://www.stewmac.com/shop/Electronics,_pickups/Pickups:_Parts/Single-coil_Pickup_Parts/Single-coil_Alnico_5_Magnet.html?tab=Instructions#details

    ResponderExcluir
  6. Paulo,

    E quanto aos humbuckers?

    No site da malagoli tem uma barra de alnico e os pinos que vc falou.

    É só substituir no cap ceramico? Como fica a tal polaridada invertida que cancela o hum?

    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Pedro, coloquei um tutorial sobre isso aqui (no final do post):
    http://guitarra99.blogspot.com/2011/08/captadores-parte-ii-imas.html

    Abraço!

    ResponderExcluir
  8. Desculpa eu não ter Login no Blogspot. Mas meu nome é Carlos
    Uma dúvida que tenho, se ao invés de trocar os pinos, por pinos Alnico. E na verdade mantesse o os pinos de metais e trocasse apenas a barra cerâmico para uma barra de Alnico. Teria um bom resultado?

    ResponderExcluir
  9. O som ficaria um pouco mais macio e dinâmico, semelhante a um humbucker de alnico splitado, Carlos. O campo magnético (invisível, é claro) dessa configuração ainda é muito diferente do campo gerado pelos pinos de alnico.

    ResponderExcluir
  10. Ha ha ha

    Vim aqui no tópico para ver se era possível fazer o que o Carlos aí em cima perguntou!!!rs

    Então, comparado ao single ceramico, o single com barra de alnico ficaria mais "forte", certo?

    ResponderExcluir
  11. A "força" depende (entre outros fatores) da carga magnética do imã, seja alnico ou cerâmico, Pedro. Supondo que ambos tivessem a mesma força, ainda assim o som seria diferente.
    Eu nunca tentei fazer isso porque não gosto do som de humbucker (de alnico) splitado. Seria muito semelhante. O segredo são os pinos de alnico... :)

    ResponderExcluir
  12. Ola, gostaria de saber:
    Depois da substituição dos pinos por ALNico, na montagem torno a colocar a barra por debaixo?

    ResponderExcluir
  13. Não, de jeito nenhum!.
    Como os pinos são magnéticos, a barra é absolutamente desnecessária. Eu as uso pra segurar coisas pesadas em geladeiras... :)

    Além disso, devemos evitar o contato entre imãs cerâmicos e de alnico.

    ResponderExcluir
  14. Bem pelo que entendi, para se reconhecer um captador Alnico é só ver se tem ou não tem o ferrite, não importa se é um largo por debaixo ou dois na lateral ou um fino no centro da bobina. Resumindo:
    Tem ferrite,= Ceramico
    Sem ferrite = ALNico
    Certo assim?
    Se for isso só "entrei bem" no mercadoLivre.

    ResponderExcluir
  15. Vou tentar transformar um Mex com ferrite em ALNico como vc exemplificou com muita propriedade¨.
    Agora,... as bobinas desenvolvidas para captadores ceramicos não são diferentes das do ALNico? sei lá mais ou menos alguma coisa?
    O espaço que sobra devido a retirada do ferrite pode ser preenchido com cera de vela derretida?

    ResponderExcluir
  16. As bobinas variam conforme o fabricante, mas basicamente são semelhantes. Geralmente o ferrite é colado na base plana. Se houver alguma reentrância, podes preenchê-la, mas não há necessidade.
    Singles de ferrite têm a barra colada na base e os pinos são de metal comum.

    Todos os Humbuckers, de alnico e/ou ferrite, têm uma barra central (alguns de ferrite têm mais duas pequenas laterais). A diferença visual entre o ferrite e o alnico é a cor. Alnico é metálico claro e o ferrite escuro e opaco.

    ResponderExcluir
  17. se for jogar algum captador fora manda pra mim aqui hehehe
    blog legal

    ResponderExcluir
  18. Cara! parabens pelas explicações. Eu procurava estas informações a um bom tempo.
    Vou transformar caps da fender mexicana porém, ainda tenho uma pergunta: se eu trocar a barra de ceramica por uma barra de alnico, o que ocorre?

    grande abraço e obrigado pelas excelentes dicas

    ResponderExcluir
  19. Obrigado, Cláudio. Se trocares a barra cerâmica por uma de alnico, o som deve ficar apenas um pouco mais "macio" e dinâmico.
    Nesse tipo de single, o ideal são os pinos de alnico, pois o campo magnético é bem diferente da barra. É isso que dá o som característico "Fender".
    O P-90 é um single que usa duas barras de alnico, mas sua estrutura (mais largo) gera uma sonoridade própria.

    ResponderExcluir
  20. Olá Paulo, eu denovo :)
    Fuçando no blog pra descobrir algumas coisas (rsrs) me deparei com esse post. Vi que você fala dos caps da SX terem até a capa colada. Como sabe, estou querendo pegar aquela Strato "American Alder". Porém (não sei por que diabos) ela tem a capa dos captadores e os knobs pretos com o escudo branco. Já estava querendo trocar isso de imediato - a capa e os knobs (achei de muito mal gosto na Strato - opinião minha, claro).
    Bom, tu comprou a Tele desse série. Claro, é outra guitarra, mas não custa perguntar: Nessa série a capa dos caps também é colada ? Também não sei se o captador da ponte das Tele é como os das Strato, mas enfim... Se não der pra trocar a capa eu vou ficar muito decepcionado visualmente com ela e vou me obrigar a trocar todos os captadores o quanto antes rsrs

    Valeu!

    ResponderExcluir
  21. Paulo, tudo bom??

    Se adicionarmos mais uma barra de alnico em caps de alnico? Que tipo de som geraria??

    Tenho uma SX SST57, dei uma tunada nela e brevemente postarei as fotos e processo dela. Pretendo futuramente trocar os caps dela por set da GFS. Os caps da mesma são em cerâmico e estou querendo trocar por alnico, você teria alguma dica?

    inté.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Em singles, a barra de alnico no lugar da cerâmica não é o ideal. Faça exatamente como descrito no post acima. Infelizmente os cerâmicos das SX tem as capas coladas e não há acesso por baixo pra trocar os pinos...

      Excluir
    2. Paulo, acho que você entendeu ou minha pergunta não foi muito clara. Seria o seguinte, colocar um barra de alnico num cap. já com os pinos de alnico.

      Já as capas são soltas, só o imã é que está colado. Vou deixar um link de uma que tirei algum tempo atrás.

      inté.

      Excluir
    3. Eu não sei se dá pra ver...

      http://img836.imageshack.us/img836/9058/dsc02866sq.jpg

      Excluir
    4. Não funciona assim. Uma barra extra vai gerar muito magnetismo e capacitância em relação à bobina/fios, desequilibrando a resposta do captador.
      Se os teus captadores não têm a capa colada, ótimo. É só seguires as orientações do post.

      Excluir
  22. Só pra registrar que na minha Sx 67 consegui fazer isso , o truque foi pegar algo estilo cano ou agulha grossa posicionar no pino um e martelar depois no dois ate o seis,geralmente a barra de imã quebra mas os pinos saem ,dai e só colocar os novos.
    pena que a malagoli subiu o preço dos imã...

    ResponderExcluir
  23. Compreios pinos em alnico...na Malagoli semana que vem vou por nos meus captadores..possuo uma Squier California veremos como ficara o som dela...postarei sobre a mudança!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mudança significativa...antes o som era abafado..ficou mais estalado..vale a pena..para tirar os imãs usei uma talhadeira fina nao pode ter pena, mas conciencia pra nao detona!!

      Excluir
  24. Tenho uma SX sst 67, fiz a alteração no captador do meio, pois na ponte já havia instalado um D'Imarzio HS3 e um HS4 no braço; e posso dizer que houve uma grande mudança no timbre, ficou muito parecido com os captadores que equipam as Fender. vale a pena a mudança!

    ResponderExcluir
  25. O que é som "fora de fase"?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma onda sonora tem uma fase positiva (pra cima) e outra negativa (pra baixo). Duas ondas sonoras (duas bobinas de captador) da mesma fonte (corda vibrando) devem estar alinhadas. Quando desalinham, as ondas chocam-se e há alteração (semelhante a um flanger, por exemplo) ou até bloqueio do som. As frequências mais graves sofrem mais esse efeito, por isso o som "fora de fase" é característicamente magro, "oco".

      Excluir
  26. Olá Paulo, solicito teu conhecimento para mais um esclarecimento, se possível. É o seguinte: comprei 3 captadores no e-Bay. Um lance barato, apenas para preencher um pikguard de testes. O vendedor não sabia dizer sequer se eram cerâmicos ou alnico, e não postou fotos da parte de trás :) Então, não tenho certeza de que captador seria este; parece bem vintage, e mede 6.2k. Veja:
    http://imageshack.us/a/img826/2386/dsc07368eq.jpg
    http://imageshack.us/a/img819/888/dsc07360r.jpg
    http://imageshack.us/a/img641/7839/dsc07356z.jpg
    Alguma idéia? A base é de fibra, como os '54 da Fender que tenho.
    PS: os outros dois são dois Dimarzio (DP 116 e DP 117) :)
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pedro, pelas fotos, é alnico sim, e a bobina de fibra sugere uma preocupação com o aspecto vintage. Não devem ser ruins não...

      Excluir
  27. Paulo, matei a charada, ao analisar alguns anúncios de captadores vintage. Sabia que já tinha visto algo parecido, mas não lembrava onde (a questão do número grafado atrás). Olha só: http://www.ebay.com/itm/VINTAGE-1976-FENDER-STRATOCASTER-GUITAR-ORIGINAL-PICKUP-STRAT-USA-1970s-/281088844370?pt=Guitar_Accessories&hash=item4172336252
    Os mesmo fios encapados com plástico, tb
    Qualquer semelhança NÃO é mera coincidência, com certeza:)
    Bem que o vendedor não entendia nada de captadores, =D
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É... as fotos batem perfeitamente. Golpe de sorte, hein? :)
      Mas o cara do e-bay precisa ser avisado que 1976 (75-84) não foi um bom ano e esse captador tá overpriced... :)

      Excluir
    2. De acordo com a matéria do blog sobre a história da Fender, a qualidade dos produtos caiu muito nessa época - espero que isso não afete a qualidade dos captadores tb. De qualquer maneira, eu jamais teria comprado esse captador pelo simples fato de ter algo histórico na guitarra, já que os vintage mais baratos do e-bay (algo em torno de 150 dólares, sem o frete) têm preço equivalente a captadores modernos de ótima qualidade. Entretanto, do jeito que aconteceu, acho que vou mantê-lo na guitarra, pois imagino que deve ser bem difícil de vendê-lo no Brasil =)

      Excluir
    3. Pedro, se for mesmo de 75, é um bom captador com certeza. Do tipo pra não vender... :)
      E depois, cada dia que passa eu acredito mais nesse lance de que o tempo geralmente melhora o som dos equipamentos, ppte captadores.

      Excluir
  28. Paulo, o peso do captador influencia algo no timbre? ex. carretel de material de maior densidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TODA a estrutura do captador influencia no timbre, Eddie. Alguns componentes mais, outros menos. A densidade e composição do plástico da bobina de um PAF original, por exemplo, já foi (e ainda é) motivo de intensas discussões... :)

      Excluir
  29. Paulo, sabe me informar que tipo de Alninco são esse ímãs da Malagoli que você citou? Pois meus caps vêm originalmente o Alninco III e estava pensando em mudar para Alninco V pra ver a diferença. Achei o volume do original muito baixo comparando com a minha antiga guitarra de caps cerâmicos (porém com timbre bem mais definido), acho q são de 5,6K, no caso trocando os ímãs não adiantariam, certo? A resistência se dá na bobina então será que se conseguir desenrolar algumas voltas sem estragá-la adiantaria? Queria ver se aumentava a resistência para uns 7K tipo os Texas Special, ou estou equivocado e melhor mesmo eu comprar outros novos? Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Wilton, trocar os pinos de captadores de qualidade geralmente provoca rompimento do fio e perda do captador, pois os mesmos costumam ser enrolados com o fio praticamente em contato com os pinos.
      Essa manobra é indicada apenas para captadores chineses, onde a estrutura de plástico da bobina tem tubos que isolam os pinos dos fios.

      Quanto à resistência, é diretamente relacionada ao número de voltas do fio. Se retirares voltas, ela diminui.
      O ideal seria comprares novos.

      Excluir
  30. tenho uma tele menphis...a troca do íma ceramico por alnico fara diferença significativa na ponte? quaiis os benefícos da troca?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Numa Memphis não se se valeria a pena, mas é mais barato que comprar captadores novos de alnico. A diferença não é significativa numa guitarra com madeiras menos ressonantes.

      Excluir
  31. Paulo, tenho dois captadores Epiphone Classic (retirados de uma Les Paul Top da Epiphone), com a logo da Epiphone atrás e tudo. Eu usava eles numa strato de swamp ash (é, eu sei... velhos tempos de humbucker) e me deram uns caps da SX vintage series, ceramicos. Sem grana é ralado!

    A pergunta é: teria como desmontar os Epiphone (que acredito que por aqui ninguém vai querer comprar, frescura de marca) que são ALNico V e colocar os pinos no Single SX? No caso, ainda faltaria um captador (os humbucker são pino/parafuso)...

    Aí no caso, catando por aqui, achei um captador ALnico com a bobina "zuada". Aí faria o resto. Mas como conferir a polaridade do imã?

    ResponderExcluir
  32. Não entendi direito - os Epiphone são humbuckers e utilizam barra de alnico na base. Os parafusos e pinos são metálicos.
    A estrututra é diferente de um single. Além disso, a maioria dos singles SX vem com tudo colado e é praticamente impossível desmontá-los.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu queria aproveitar os Epiphone fazendo a MOD nos singles SX para usá-los... Mas como você explicou, são diferentes... E não teria como fazê-los. Comprando os pinos da Malagoli, com envio mais barato, vai ser mais fácil pra mim comprar alguns GFS - que são excelentes -, por enquanto, até comprar os definitivos.

      Excluir
    2. Ah, esqueci de comentar, Paulo. Tens algum antes/depois dos pups que fizestes esta mod? Publica aí para os assíduos curiosos...

      Excluir
    3. Eu nem toco com os cerâmicos, Rib@. :) Atualmente não faço mais essas mods, mas posso te garantir que, se o fio do captador cerâmico for da espessura correta, os pinos de alnico são um excelente upgrade.

      Excluir
    4. Com certeza Paulo, ASSIM que tiver dinheiro, eu compro. Moro em Bleém, tudo pra cá - frete, sedex, açaí - é caro, ou se torna caro. Tenho uma outra guita - que talvez não faça seu tipo, uma Jackson com dois E-Tone da Cabrera... Esses estão satisfatórios nela, nada a declarar.
      Mas "a fissura" de single bateu de novo, acho que por enquanto vai ser cerâmico mesmo :D (quem não tem cão nem gato, caça com o que tiver...)

      Excluir
  33. Cara, quanto ao som desse capzinho ai? Quanto melhorou o som? Ficou em um nível profissional? Tem algum audio como som desse cap ai? Vls e parabéns pelo tutorial.

    ResponderExcluir
  34. Paulo os captadores da fender original vintage tele, possuem os polos dos imãs no mesmo sentido,é possível ou viável inverter os polos do captador da ponte e o os fios da bobina ao ligar no circuito.Isto faz com que cancele o ruído ao ligar a chave na posição braço/ponte,vc já o fez?
    Obrigado

    ResponderExcluir
  35. Já fiz sim e boa parte dos captadores de tele vendidos em pares/set atualmente já vêm com essa configuração, Fernando. Cancela o ruído mas é outra sonoridade. Ainda prefiro a configuração clássica, sem cancelamento.

    ResponderExcluir

Antes de perguntar, faça uma pesquisa no campo "Pesquisar nesse blog".