terça-feira, 19 de abril de 2011

OCD ou Oh!CeeDee?

Só pra sair desse assunto desagradável da Tagima, vou colocar um rápido post sobre a comparação que fiz entre um OCD original e o "clone" Oh!CeeDee da EFX áudio, de São Paulo.
Primeiro, pra quem não conhece, o OCD da Fulltone é considerado por muitos o melhor pedal de overdrive de baixo/médio ganho do mercado atualmente.
Segundo, assim como tudo no mundo, nada se cria, tudo se copia. Essa máxima vale para pedais. Um novo pedal geralmente é uma variação melhorada de um velho pedal. Dito isso, o da EFX é um clone, mas tem o atenuante que o próprio OCD, embora engenhosamente modificado, foi baseado em outros pedais.

Comprei o Oh!CeeDee porque gostei do timbre da demo, e não por ser um clone do OCD - que eu nunca havia testado. É o melhor pedal de overdrive "low gain" que já ouvi (e olha que eu sou do tempo do primeiro OD1 da Boss - coisa horrorosa! :) ).
Fica perfeito no Blues Jr. e no Twin. Não o uso no Tiny Terror porque NENHUM pedal pode competir com aquela distorção valvulada deliciosa (mais do que uma Nhá Benta) da Orange (num Celestion vintage 30, tenho dito - não tente em outro :) ) 


Com os dois em casa, pluguei a guitarra (como era de madrugada, usei uma excelente simulação limpa/clean de um Fender Bassman 59 do Amplitube Fender) e gravei os dois pedais. Achei as diferenças irrelevantes e, segundo o Eugênio da EFX, os diferentes posicionamentos dos controles é porque ele baseou-se na versão posterior do OCD que eu tinha...
Um OCD aqui no Brasil não sai por menos de 500 reais. O da EFX, 220. Claro, há diferenças estéticas óbvias, já que o da EFX é artesanal. Quem se importa, com um timbre desses? :) A versão atual tem a antiga mini chave de ganho trocada por um foot switch - bem mais útil e prático, tornando-o um overdrive com booster acionável no pé.
Seguem os áudios para comparação de vocês. O amp usadoé uma exclente simulação de um Bassman Fender do Amplitube Fender, num preset "clean" - praticamente toda a satuação é dos pedais:
Oh!CeeDee - EFX:


OCD -Fulltone:



É isso aí! Atualmente tenho 4 pedais da EFX e considero todos excelentes.
Link para o site da empresa: EFX

PS: "OCD" é a abreviação em inglês para "Obsessive-Compulsive Disorder" ou "Transtorno Obsessivo-Compulsivo/ TOC". Segundo a Fulltone, o OCD deles é a abreviação de "Obsessive-Compulsive Drive"... Legal! Humor nunca é demais.

29 comentários:

  1. Na verdade, é perfeitamente possível se copiar um padrão de qualidade, um circuito, uma construção, e como não pagamos o valor agregado da marca, sai sim mais barato.
    Mas e a revenda? Creio que seja este o maior problema dos Handmades, pago barato em coisa boa, mas não consigo revender.

    ResponderExcluir
  2. Timbre quente desse clone e com uma saturação no ponto!!!

    Gostei mesmo!

    Só uma dica Paulo poste os seus áudios no 4shared se possível!!

    ResponderExcluir
  3. Economusic, até hoje, só vendi uma guitarra (Carvin V220) - e me arrependo! :) No meu caso então, o valor de revenda não é relevante. Mas a consideração é válida pra todos os equipos handmades, guitarras inclusive.

    Paulo, a idéia era deixar os arquivos do blog em apenas um local, mas já percebi que para áudio é melhor em hospedeiro com um auto player... Valeu o toque! :)

    ResponderExcluir
  4. Sir.Paulo: Os arquivos já estão no 4shared! :)

    ResponderExcluir
  5. eu tenho um oh! cee dee e utilizo-o tanto como drive low gain quanto pra booster das demais distorções (rat e muff) e confesso que ele faz um belíssimo trabalho. o switch no lugar da chave seletora é uma verdadeira mão na roda.

    a propósito: muy massa esse teu blog. parabéns ;)

    ResponderExcluir
  6. Obrigado pelos elogios ao blog, Guilherme. Somos dois felizes e satisfeitos proprietários de oh!cee dees EFX... :)

    ResponderExcluir
  7. Paulo, a diferença é sutil, mas na minha humilde opinião o clone é ligeiramente pronunciado nas frequencias mid-high. Chegou a incomodar meus ouvidos. :)

    Achei o OCD mais encorpado e com médios mais cremosos.

    -Yanko-

    ResponderExcluir
  8. Mestre Yanko! Seus ouvidos são altamente considerados por aqui... :)
    Observação anotada, sem direito à réplica do blog!
    Abraço! :)

    ResponderExcluir
  9. O OCD é réplica do antigo Overdrive da Voodoo Lab, com a alteração da chave de baixo e alto ganho.

    ResponderExcluir
  10. Paulo ,
    voce poderia postar umas fotos internas da placa e componentes?
    Você ja testou outros handmades como Dmt , stardust , T.Miranda etc ?
    O que voce acha dos pedais tube screamer e boss sd-1 e afins ?



    abçs e obrigado pela atenção

    ResponderExcluir
  11. Os dois pedais me pareceram muito parecidos , confesso que gostei mais do EFX , pois parece um pouco mais "embolado ? " do que o Fulltone-de uma maneira muiiiito sutil , vc gravou com singles ? telecaster?

    ResponderExcluir
  12. Paulo,
    Gostaria de dizer que seu blog é minha referência de leitura,pois além de bem escrito, ele é limpo e de visual agradável. Os fóruns bons que existem, como cifraclub, não chegam perto do tratamento visual do seu Blog. Sei que vc não curte muito pedais de efeitos, mas mesmo assim sugiro que vc abara um espaço pra eles. Eu mesmo tenho muitas duvidas de como fazer setups em pedais. Não sei sequer se uso um pre amplificador antes, no meio, ou depois dos pedais, como esse OCD por exemplo. Oura dúvida é quanto a existencia de Amplicadores home made. Imagino que,assim como esses EFX, devam existir empresas fazendo bons amplis home made por aí. Como seu Blog é meu favorito, gostaria de ver isso por aqui. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado, Leandro.
      Olha, realmente pedais não são o meu forte e não me sinto bem falando de um assunto sem vivenciá-lo antes. Tenho vários pedais, e o melhor que ouvi até hoje é um hand made, clone do Zendrive, feito pelo Jr. de Curitiba. De longe o melhor.
      Sei o básico sobre encadeamento de pedais e lá no FGP tem bastante post legal sobre isso.
      Amps: tenho um Acedo, um Tiny Terror, Mesa Boogie Express 5:25 e um Giannini Valiant dos anos 60. Só poderia falar, com autoridade e honestidade, desses... :)
      Mas a ideia tá anotada - são assuntos muito interessantes e essenciais.
      Obrigado!

      Excluir
    2. Paulo,
      Esse Jr. de Curitiba tem algum site?

      Excluir
    3. Aqui do ladinho: clique no logo da JR Guitar Parts, mas te adianto que ele só faz pedais por hobby, no momento.

      Excluir
  13. Mais uma vez, parabéns pelo blog! Uma mão na roda para quem não tem a estrada que vocês já trilharam, um tremendo atalho, no bom sentido!
    Achei o som do EFX um pouco menos agradável, talvez esteja levemente mais saturado.
    O Zendrive,, a que se referiu, já comparou com o original? Nunca tinha ouvido falar, mas li seu comentário, ouvi uma demonstração no youtube e achei o som lindo!
    Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Rafael :)
      Conseguir o Zendrive não é fácil e além disso, ele costuma ser caro. Tô completamente satisfeito com o meu clone :)

      Excluir
  14. Grande Paulo, Parabéns pelo Blog! Tenho um Cool Cat Danelectro que é idêntico ao OCD Fulltone,me parece até que a Danelectro sofreu ação judicial em função disso. Tenho tbm um ampli Acedo 290 que tem um som maravilhoso, pra mim, superior ao Fender Blues Jr, além de vir com 3 canais e um Reverb sensacional!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, George :)
      Eu tenho um Acedo 276 que é fantástico para blues e slide. Os amps Acedo são excelentes.

      Excluir
    2. Valeu Dr Paulo!

      Por gentileza, me ajude com minha dúvida em relação a Telecaster SX Semiacústica Thinline Ash que comprei: O que me sugere de upgrade p/ tuná-la em alto nível? Captadores, ponte?

      grato,,

      Excluir
    3. George, se procurares pelos meus posts sobre Telecaster, saberás claramente as minhas preferências, mas se eu comprasse uma guitarra dessas colocaria tarraxas boas (gotoh, schaller, planet waves, grover), um captador Sérgio Rosar Hot T na ponte e tentaria conseguir um Fender "Twisted Tele Neck" para a posição do braço. Um mais simples e barato mas bom encontras na captadores.com.br
      Colocaria uma ponte Gotoh Tele Modern Bridge, mas se quiseres manter o aspecto vintage e melhorar um pouco a afinação, tente conseguir uma Wilkinson Telecaster Compensated Bridge. Talvez encontres no ML.

      Excluir
    4. Uma dúvida Paulo: O captador sugerido é o Hot ou Vintage Hot?

      Excluir
    5. obgdo Paulo! O que achas dos Dimarzio Area T?

      Excluir
  15. Bela comparação Paulo! Gostei mais do Oh!Cee Dee. Achei ele mais ardido. Da EFX só tenho um AB Selector. Eu tenho um FullDrive da Fulltone, mas não curto ele tanto como falam por aí. Acho o OCD mais completo. Tenho um Hustle Driver (chinês) que não fica devendo pro OCD, penso eu. Mas uso mais um SimulAmp do Hobbert, nesse sim consigo tanto o som do OCD como do Fulldrive, além de High Gain. Excelente custo x benefício. Pena que demoraram muito pra me enviar. Mas o pedal é muito bom.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse Hobbert é um clone do GT2, não?
      Pedal é um assunto tão delicado quanto guitarra e amps reais, Alex. Sou velho fã da Tech21 e do SansAmp Clássico (ainda tenho um), mas atualmente acho essas simulações analógicas um pouco comprimidas e bi-dimensionais. Não as utilizaria p/ gravações, mas são matadoras para situações ao vivo. Já pluguei muito o meu velho Sansamp direto na mesa de PA :)

      Excluir
    2. Exatamente Paulo. É um clone do GT2. Então na verdade já tens as características do OCD no GT2(ótimo pedal). São comprimidas sim,apesar de que eu acho o OCD bem comprimido tbm. O FullDrive é que é leve demais. Nas Fenders com singles tradicionais ele fica, praticamente, sem drive(até hoje não entendi o porquê de se chamar FullDrive, já que ele tá mais na praia de um Tube Screamer). É bom pra usar como booster,que não é meu caso. SansAmp é SANSAMP. Não tem igual. Muito bom mesmo.

      Excluir
  16. EFX É AQUILO: VAI DA SOOOORTE. CADA PEDAL UM CIRCUITO E UMA CONFIGURAÇÃO DIFERENTES. PADRÃO DE QUALIDADE DE TERCEIRO MUNDO. VC DEU SORTE, AMIGO.

    ResponderExcluir

Antes de perguntar, faça uma pesquisa no campo "Pesquisar nesse blog".