sábado, 14 de agosto de 2010

Les Paul Chinesa


(Já que num post anterior vimos uma Epiphone chinesa, vou aproveitar o embalo):
Guitarra clone de Les Paul feita na China. Provavelmente no "turno da noite" de alguma fábrica que faz ou fez Epiphones. Teoricamente, é uma Epiphone. Eles até aproveitam esse "turno extra-oficial" para fazerem uma cópia com o headstock idêntico aos das Gibsons. Quando falamos de cópias chinesas, não existem garantias de que os materiais sejam realmente o que dizem ser. Ash pode ser SEN e Mogno pode ser Agathis. Ou pior, tudo pode ser qualquer madeira que esteja disponível no momento...

Comprei (2008) como "ponta de estoque" por 500 reais, pois ela tinha alguns leves arranhões na parte traseira e uma das tarraxas quebrada. A "marca" era "Boomer". O importador brasileiro comprou um lote de 30 ou 40 guitarras e escolheu o nome na hora... Corpo de mogno/maple (com câmaras ***) com medidas corretas, na média das LPs, braço estilo 60's de mogno e após uma boa limpeza e regulagem, a tocabilidade ficou excelente.
*** vide link mistério resolvido... :)


O hardware era bem ruim. Captadores cerâmicos, tarraxas ordinárias... Após confirmar que as madeiras eram, com 90% de certeza, mogno e maple, troquei tudo.

A foto abaixo mostra nitidamente o top de maple com o mogno por baixo. Dá prá perceber também uma pequena projeção do tendão (tenon) do braço, o que caracteriza essa junção como "intermediária" ou de "transição". (Para saber mais sobre esse assunto, vá para o início do blog)


Com o upgrade do harware, a guitarra ficou muito boa. Comparada com a Les Paul Gibson 1981, ela soa com um pouco menos de presença e corpo, provavelmente devido aos furos (e também à menor massa do braço). Essa alteração do timbre ocorre igualmente nas Gibsons com câmaras. Alguns guitarristas até preferem esse som um pouco mais leve e acústico, mas eu não abro mão da densidade do timbre de uma LP sólida. Assim, ela foi "armada" com um JB na ponte para aumentar seu poder de fogo... :)

Especificações:
Corpo: Mogno com furos (144!) de alívio de peso, top de maple. Cor: Preto fosco
Braço: Mogno, mais fino, estilo 60's
Escala: 25", Rosewood, Raio: 12". Nut: plastic
Tarraxas: Sperzel Locking Tuners
Captador Ponte: Seymour Duncan JB (SH-4) - 16,4K
Captador Braço: Seymour Duncan 59 (SH-1) - 7,43K
Pots e capacitor: Alpha, 500K, capacitores cerâmicos 0.022uf
Ponte: Tune-o-Matic Gotoh, Stop Tailpiece Gotoh de alumínio

Obs: Em 5/2011 troquei o Seymour Duncan 59 do braço pelo Rosar Heartbreaker II - na mesma linha de timbre, mas muito mais definido, vivo e dinâmico. O 59 foi pra gaveta... :)


Antes que perguntem: aquilo no headstock é um amuleto/talismã conhecido como "olho turco", que afasta inveja e mau-olhado. Não sou supersticioso, mas o ganhei de um amigo que esteve no Marrocos e ficou muito legal ali... :)

Enfim, é uma guitarra com madeiras razoáveis a boas (não, não imagino quantas emendas tem o mogno... :) ), bem construida, "garimpada" por apenas 500 reais. Após ser devidamente "tunada", transformou-se num ótimo instrumento.

33 comentários:

  1. Não, Paulo. Preto fosco mesmo. O que eu fiz de diferente foi um rebaixo traseiro tipo strato prá não machucar as costelas. Toda Les Paul machuca nessa área. Claro que não faria numa Gibson... :)
    Abraço!

    ResponderExcluir
  2. Olá Jack, tudo tranquilo? Sabes se ainda é possível encontrar uma Boomer como essa em alguma ponta de estoque, ou qual loja poderia estar vendendo alguma dessas?
    A propósito, excelente blog, parabéns...

    Grato pela atenção

    ResponderExcluir
  3. Jou, eu via uma (Sunburst) usada numa loja daqui, a Aliança Musical - foi vendida há uns 45 dias.
    A Boomer é tecnicamente uma Epiphone e foi encomendada pela rede de lojas Mensageiro Musical, numa visita de seu proprietário à fábrica chinesa. Que eu saiba, foi apenas 1 lote de 30 ou 40 guitarras em 2008. Quase todas foram vendidas em Sta Catarina e RGS apenas.
    Se souber de algo, te aviso, ok?

    ResponderExcluir
  4. Muito obrigado. Ficarei no aguardo e pesquisando por conta também.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  5. Onde compro essa guitarra??
    GRATO

    ResponderExcluir
  6. Opa, meu caro.
    Excelente material. Serve como fonte de consulta para pessoas que, como eu, buscam informações descompromissadas com qualquer tipo de marketing.
    Também sou fanático por guitarras, mas tenho apenas uma LP. Tenho um violão, uma viola e a LP.
    No fim das contas, não tenho excelência em nenhum dos instrumentos, . Apenas sacio a sede de minha alma.
    Ficaria muito grato se além de poder ler suas matérias, você me fornecesse um esquema mais minucioso possível da ligação dos fios aos potenciômetros, chave de graves e agudos e terra da Lês Paul.
    Acho que a minha é dessas Made in China e requer um upgrade.
    Existe esta possibilidade de receber algum material?
    De qualquer forma, muito obrigado desde já pelo conteúdo do blog.
    Muito bom mesmo!
    Abraço
    Guimarães
    Guimma69@gmail.com

    ResponderExcluir
  7. Anônimo: Era de um lote exclusivo e limitado, mas são semelhantes às Epiphones.

    ResponderExcluir
  8. Oi José,
    Obrigado pelo comentário.
    Existem inúmero sites e esquemas disponíveis da internet.
    Esse do Seymour Duncan é perfeito e bem didático:

    http://www.seymourduncan.com/support/wiring-diagrams/schematics.php?schematic=2h_2v_2t_3w

    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Vi uma semana passada na loja Mensageiro Musical igual a sua... Usada e o valor se eu não me engano estava 790,00. Abraço

    ResponderExcluir
  10. Se tu levares aqele RX com os 144 furos, eles irão te dar um belo desconto... :)
    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Olá paulo.
    Cara, como é bom achar alguém que tenha algo a dizer sobre essa guitarra. Eu tenho uma. Comprei na aliança musical, uma Gold Top, lindona. Sempre tive essa duvida se era realmente mogno e tudo mais. Dei uma investida nela por esses anos, comprei tarrachas e captadores gibson, ficou ótimo o som.
    Será que tens como me passar teu email pra gente conversar? queria tirar umas duvidas ctg hehe

    ResponderExcluir
  12. Tens uma das 45 Boomers então... :)Elas juntas têm 6.480 furos!!! rsrs.
    Mas por incrível que pareça, também gosto do som dela. Não tem a ressonância de uma Gibson, mas o braço de mogno e o top de maple intacto dão uma certa dignidade pra ela. O problema são os furos - acho que ela soaria ainda melhor se eles fizessem logo as câmaras. A baixa qualidade do mogno do corpo explica o timbre com menos presença e graves que a Les Paul, mas é interessante do jeito que está. O JB fala muito nessa guitarra.
    Poste o teu e-mail que eu entro em contato. Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Olá paulo. Queria tirar uma dúvida. Você sabe quantos quilos pesa essa sua guitarra? Eu acho meio difícil acreditar que a minha tem esses furos todos, porque a minha com case pesa 9.15 quilos, ou seja, sem o case, deve dar uns 7,5... acho meio difícil pesar tudo isso com esses furos todos que você diz ter. A minha boomer é MUITO pesada! Outra coisa, qual as ferragens que tu botou nela? Ponte, cavalete, etc... de qual marca? tenho medo de comprar uma e não encaixar. Abraço.

    ResponderExcluir
  14. Ela pesa 4,4 kg.
    Uma guitarra de 7,5 kg é inviável. Vai provocar lesão muscular se tocares muito tempo de pé.
    Se é também uma Boomer, o "furador" da fábrica devia estar de folga...:) Já avaliei outras 2 Boomers e não passam de 4,5 kg.

    ResponderExcluir
  15. Bom, eu pesei a minha no case em uma balança de farmácia, obviamente o peso nao deve ter sido preciso, ela deve pesar um pouquinho mais ainda, mas eu pesei e deu 9.15 quilos. Mesmo se o case pesasse 3, a guitarra ainda ficaria com 6. Não sei o que que deu, mas a minha é uma boomer e pesa bastante haha e realmente ja ensaiei umas boas horas e na primeira vez fiquei bem dolorido nas costas, mas como ensaiava toda semana, me acostumei e nem sentia mais. Quero ver agora, fiquei parado um bom tempo, vou apanhar de novo haha mas a minha eu acho que nao tem furos não.

    ResponderExcluir
  16. Meu caro, parece que é sólida, mas só vais saber mesmo se fizeres um RX - Fiz os das minhas na Clínica Medsom no centro de Floripa- é só explicar pra eles a situação como eu coloquei no post.
    Boa sorte! :)

    ResponderExcluir
  17. Hah, legal, finalmente achei algo sobre essa marca aí, lembro de ver na Mensageiro e procurar em casa mas nunca achava nada na internet. Inclusive acho que foi esse mesmo modelo preto fosco que eu vi lá.

    ResponderExcluir
  18. Como falei no post, "Boomer" foi o nome escolhido para o lote do importador brasileiro. Antes de saber disso, também não achei nada na internet - nem poderia.
    Mas agora ela já está bem estudada, não?
    E mais um detalhe: acabei de colocar um Rosar Heartbreaker II no braço. Dá de 10 no 59 da Seymour. É o captador definitivo pra essa guitarra!

    ResponderExcluir
  19. bom dia amigo , gostaria de informações sobre o site DH Imports que vende guitarras gibson , Ibanez chineza , vale a pena comprar ?
    Líviston.
    liviston-matos@hotmail.com

    ResponderExcluir
  20. Liviston, sou apenas um guitarrista como tantos outros aqui, tentando postar alguma coisa legal do que descubro sobre minhas guitarras.
    Nunca ouvi falar na DH imports. E guitarra chinesa é o que tenho postado no blog. A gente leva o que paga.
    Com muita sorte, podemos pegar uma ou outra razoável.

    ResponderExcluir
  21. OI Paulo, você poderia discorrer melhor sobre a diferença do 59 model SD para esse ai Rosar Heartbreak? É que estou querendo comprar um humbucker com brilho, com saída baixa, pro braço de uma epiphone les paul standard. Se tiver outras sugestões de caps, agradeceria. Sou fã do teu blog.

    ResponderExcluir
  22. Bruno, o Rosar Heartbreaker atual está muito próximo do 59 - tem apenas um pouco mais de brilho. Particularmente, não gosto do 59.

    Se queres um timbre "PAF" clássico, com brilho, orgânico, que reproduza bem as ressonâncias da guitarra, te indico o Sérgio Rosar "Mojo 13".
    Leia detalhes aqui:
    http://www.guitarplayer.com.br/forum/index.php?/topic/1243-sergio-rosar-mojo/

    E aqui:
    http://www.guitarplayer.com.br/forum/index.php?/topic/55-paf-jim-rolph-pickups/

    Atualmente, os Mojo 13 são vendidos exclusivamente pela JR Guitar Parts (vide link à direita). Seria legal conversares com o Oscar Jr. sobre isso.

    ResponderExcluir
  23. Obrigado Paulo! To vendo os GFS também.

    ResponderExcluir
  24. E ae, tudo bem?
    Sou do RS e tenho uma boomer preto fosco tambem.
    por incrivel que pareça, a minha é sólida, pesa6,5kg.
    E gosto muito dela...
    estou colocando essa semana os EMG 81/85 e tarrachas com trava gotoh!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Guitarra pronta.
      Ficou do caralho.
      Caps 81/85 emg (Zakk Wylde), tarrachas com trava gotoh, ponte original gibson, e encordamento dunlop zakk wylde.
      e depois do RX feito nela, nada me convence a troca-la.
      corpo maciço todo em mogno.
      Um grande salve para as boomers perdidas por ai.

      Logo posto uma foto para curtirem

      Excluir
  25. Paulo, tudo bem?
    Antes de tudo quero deixar aqui meus parabéns pelo excepcional blog, com muito material de qualidade, e muita experiência vivida por você mesmo!
    Tenho uma guitarra Jackson (modelo JS10), corpo de Cedro Indiano (já conheço o seu desgosto pelo cedro rsrs), braço de Maple e escala de Rosewood.
    Acho que a alma dessa guitarra sempre foi o hardrock, pois bem, a 2 meses coloquei um Custom Custom SH-11 da Seymour Duncan, ficou maravilhoso, esse captador é extremamente definido, mesmo em distorções um pouco mais altas ele não embola.
    Agora para alimentar só mais um pouco minha GAS rs, decidi trocar o captador do braço, estou atrás de um bom modelo que combine com o SH-11, estive lendo bastante sobre o Heartbreaker e o Mojo.
    Agora eu apelo para que você me dê uma opinião, mesmo que descompromissada, só para eu ter um norte nas minhas experimentações!
    :)
    Vlw mais uma vez, e continue com o ótimo blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maurício, permita-me a intromissão! :-)

      Primeiro ótima escolha de captador pra uma guitarra de Cedro. O Custom Custom preenche os médios (que são o que faltam um pouco no Cedro) de maneira muito eficiente e equilibra as coisas.

      Para o cap do Braço, eu acho que vc poderia ir na linha do HeartBreaker que é a cópia do Seymour 59! Pra Hard Rock como vc dise vai cair como uma luva pois ele se comporta bem em qualquer situação de ganho. O ataque focado nos médios dele preenche legal sem soar seco nos cleans. O Mojo talvez fique um pouco agudo na sua guitarra pelas características dela e sua natureza mais Hard mesmo :-)

      Excluir
    2. Maurício, já deu pra perceber que o Oscar não virou parceiro do blog à toa, né? :)
      Reposta na veia! :)

      Excluir
  26. Olá, você é de Floripa? que legal, está para chegar uma guitarra que comprei direto da China (Chibson) gostaria de conversar contigo após a chegada da guitarra, se for possível me adicionar no face, seria bem legal trocarmos experiências! https://www.facebook.com/henrique.sonserina

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Raramente acesso o Face, Henrique. E esse espaço do blog foi criado justamente pra isso - trocarmos experiências. Depois passe pra gente o que achaste da Chibson, ok?

      Excluir

Antes de perguntar, faça uma pesquisa no campo "Pesquisar nesse blog".