domingo, 5 de fevereiro de 2012

Vídeos do Blog

Estou fazendo um update dos vídeos - novos e antigos. Ainda pegando a manha de edição, mas todos em HD.
Vou (re)colocá-los nos respectivos posts, mas aqui os links para todos eles (via YouTube). Clique no link do YouTube ou "Full Screen" para assisti-los em alta definição (HD/720p):














PS: Antes que perguntem, algumas demos foram gravadas sem vídeos (strat red, por exemplo). Pra não ter que gravar, editar e masterizar o áudio novamente, gravei o vídeo usando o áudio original como playback. Na strato vermelha nem me lembrei de colocar o cabo na guitarra... :)

Os dois solos de blues são iguais porque é um solo padrão que utilizo pra comparar timbres dos captadores e madeiras (pela primeira vez na vida tive que decorar um solo, putz!). Assim, as variáveis são menores.

Com exceção dos dois últimos vídeos (Oscar Isaka Jr.), eu estou tocando em todos os outros. Já falei que o meu forte não é solo, então peço um "desconto" de vocês nas críticas. Mas o foco não é a performance e sim as guitarras e captadores, ok? :)

20 comentários:

  1. Grande ideia Jack, nada melhor que a imagem junto ao timbre....

    ps. Ja que esta testando a edicao, acho q o segundo video aos 20 seg esta "fora", o ultimo tambem

    Abraço

    Petri

    ResponderExcluir
  2. :)
    Já expliquei o porque no adendo, Petri :)
    O segundo é um detalhe de vibrato extra, mas fora isso, tá na sincronia.
    No último, do Jr., o áudio foi em tempo real mesmo - a leve discrepância de sincronia é provavelmente porque o vídeo foi convertido - entre os formatos - de 29 para 30 frames/segundo.
    Mas dá pra passar? :)

    ResponderExcluir
  3. Opa se da, ta otimo :)
    Vc manda bem solando tambem, nao se preocupe

    Abraço
    Petri

    ResponderExcluir
  4. Oi Jack

    Muito bons os vídeos, eu gostei bastante da diferença de timbre das duas stratos.
    Além do fato que usou pouca distorção, ajuda na comparação.
    Quais as madeiras das guitarras, pontes, etc, já que a captação é a mesma de ambas?
    A Tele nem precisa dizer nada...fantástica!

    Um abraço

    ResponderExcluir
  5. Com os vídeos, o blog fica melhor ainda do que já é!
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  6. Obigado,Eder. :)

    Grande Velhinho!:) Todas essas guitarras já foram postadas aqui, com suas respectivas especificações. Mas o blog tá ficando grande e sei que é difícil localizar cada uma. À noite coloco os links.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Agora sim!! valew msm pelos videos Jack!!!!!

    ResponderExcluir
  8. Grande Paulo rumo aos 200.000 acessos, fico feliz de ter conhecido teu blog, parabéns.

    ResponderExcluir
  9. Paulo, parabéns pelo blog!!! Descobri o blog procurando no google sobre as Tagimas Special quando vi o seu post: "Tagima 735 Special (ou, como levar gato por lebre...)". Os seus posts possuem informações realmente interessantes e curiosas que saem da normalidade dos blogs e revistas sobre guitarra que costumam colocar sempre os mesmos assuntos. Parabéns de novo e continue a nos passar estas grandes informações, todos os loucos por guitarra agradecem!

    ResponderExcluir
  10. eaw cara tudo bem? parabens pelos videos, muito legal...faz um tempinho q aconpanho seu blog...sempre to dando uma fuçada nele...mas nunca vi um post de vc falando sobre o amplificador orange tiny terror...q me pareçe q vc tem um ai...se caso ja tenha o post peço perdao...nao achei...valew até mais

    ResponderExcluir
  11. Paulo e Luiz: obrigado pela presença e o apoio de sempre, meus amigos :)

    Anderson: bem vindo ao blog e obrigado. Espero que meus posts continuem te agradando:)

    Guilherme: boa idéia! :) O Tiny realmente é f... e nunca falei dele aqui. Comprei recentemente um Mesa Boogie que também é um absurdo de bom. Vou avaliá-lo mais algum tempo e depois farei um post mais completo sobre os amps que tenho (e os que já tive).

    ResponderExcluir
  12. Ola, Tudo bem ? tenho lido seu blog sempre que posso e é muito rico em informações, parabéns pelo tempo dedicado, valeu a pena!
    Gostaria se fosse possível de me dar uma dica, estou junto ao luthier cavalheiro prestes a fazer uma telecaster com o corpo em cedro rosa, e braço em marfim imperial, mas vi que você vez uma telecaster com madeiras americanas e pagou muito barato pelas madeiras, você poderia me enviar este fornecedor ? e aonde você costuma comprar o hardware de suas guitarras ? sendo você experiente na área achei melhor antes de mandar fazer a guitarra, pedir sugestôes pra ti, meu e-mail é matheusdsdias@hotmail.com

    um abraço,

    Matheus Dias.

    ResponderExcluir
  13. Oi Matheus.
    Comprei as madeiras com o Miguel, da Music Tools:
    http://www.musictools.com.br/
    vendas@musictools.com.br

    O hardware é questão de ficar "caçando" na internet e ppte no ML.
    No ML, "Phantasmo Guitar Parts", entre outros:
    http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_6429016

    Fora, a minha preferida é:
    http://store.guitarfetish.com/

    Também compro bastante numa loja daqui de Florianópolis, a Mensageiro Musical:
    http://www.mensageiromusical.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Paulo, valeu pela força, agora estou prestes a confecionar a guitarra, você já teve alguma experiencia com uma telecaster de corpo em cedro rosa e braço em marfim imperial ?

      foi uma sugestão do cavalheiro, ele disse que seriam madeiras tão boas quanto alder e maple, mas como no brasil somos acostumados a gostar muito doque é de fora..., bom Paulo gostaria de uma opnião sua sobre uma telecaster em cedro rosa (body) e marfim imperial(neck), agradeço denovo a resposta à pergunta anterior,
      abraço

      Excluir
    2. Matheus, se um dia eu ficar famoso, será pelo fato de ser o "cara que não gosta de cedro" kkkk!
      Por favor, leia esse post:
      http://guitarra99.blogspot.com/2011/10/as-cronicas-do-cedro-1-capitulo.html

      Excluir
    3. Paulo, depois deste seu post eu vou fazer uma guitarra em
      ash com top em flamed maple, e braço em maple (assim nao tenho duvidas de que ficarei satisfeito)

      valeu pela força!

      Excluir
  14. Cara, gostei do muito do som da LP. Definiçao é a palavra. Valorizou muito o som da madeira, parece strato, mas com corpo de mogno bem seco. Tinha curiosidade em um link mais cruncheado pra rock anos 70, mas daí na ponte, claro.. Parabens

    ResponderExcluir
  15. Rodrigo, análise PERFEITA! :)
    Tudo que tu falaste foi o que buscamos (eu e o Oscar Isaka Jr.) com o Sérgio Rosar na concepção do Mojo 13. Infelizmente não dispúnhamos de um PAF real para referência, mas usamos um Rolph 58 que tem timbre soberbo.
    A nossa luta era sempre por "definição, clareza e dinâmica". A similaridade com o timbre de uma strato não é mera coincidência, portanto :)
    O teu comentário me deixa pulando de felicidade! :)
    Valeu!

    ResponderExcluir
  16. Ouvi de novo na íntegra o som do Mojo 13 da Lespa e concordo com a avaliação do Rodrigo. Realmente a análise dele acertou em cheio aquilo que representa o som do captador.

    ResponderExcluir
  17. Não canso de ouvir essa LP 81. Tá devendo um post mais detalhado sobre ela, Jack. :)
    Queria muito ver e ouvir um vídeo dela com o Rolph e Shaw instalados para comparar com o Mojo13. É possível?
    Abraços.

    ResponderExcluir

Antes de perguntar, faça uma pesquisa no campo "Pesquisar nesse blog".