domingo, 15 de julho de 2012

Logotipo Fender - Decalque

Nunca havia ficado tanto tempo sem postar nada, mas ultimamente a conjunção de dois fatos foi determinante pra essa demora:
Primeiro, o de sempre - tempo sobrando praticamente inexistente :)
Segundo, toda vez que penso em postar algo, começo a responder as várias perguntas diárias e acabo desistindo, pois isso cansa um bocado.
Uma das perguntas mais repetidas (e poucos se dão ao trabalho de pesquisar no blog) e respondidas é sobre o logotipo Fender que coloco em algumas guitarras tunadas. Então vou postar rapidamente um tópico só sobre isso.
Eu mesmo fiz os logos no Photoshop, utilizando arquivos que achei na internet. Imprimo-os num papel especial para decalque, comprado aqui: http://sirapvisual.webnode.com.br/
É um papel específico para decalque com água (waterslide). Ele tem uma fina cobertura de plástico que pode ser impressa em jato de tinta (a que eu uso) ou laser. Eles vendem uma versão transparente (a que eu uso) e outra com fundo branco.
Após a impressão, tem que usar verniz spray em lata (3-5 demãos) para proteger e evitar que a tinta borre quando mergulhamos o decalque na água.
Uma folha A4 dá pra pelo menos uns 18-20 logos. No Photoshop, agrupei-os e fui testando a impressão em papel comum até que os logos ficassem do tamanho natural. Por exemplo, o logo da Strato tem 8,6 cm de comprimento, medindo (atravessado) da ponta extrema do "F" de Fender até o "R" final de "Stratocaster".
A folha impressa fica mais ou menos assim:
Esse método é semelhante ao antigo usado pela Fender. Hoje em dia o processo é mais bonito e eficiente.
Não dá pra conseguir o efeito real de cores como dourado ou prata em impressora comum de jato de tinta. Cores mais claras lidam com certa transparência do plástico, portanto a cor da madeira onde o decalque será colado irá influenciar a cor final. Uma cor que tem funcionado bem em madeiras claras (maple) é essa:
Essa imagem aí de cima é do tamanho real que criei (bem maior que a impressa, para boa resolução) e fica como brinde pra quem quiser se aventurar, mas não se esqueça que ela deve ser reduzida (na impressão) para o tamanho correto: 8,6 cm.  :)
Se não tens prática no Photoshop ou com impressões, é melhor comprar os decalques já prontos - procure no Mercado Livre. Acho que custam cerca de 20 reais cada logo. Parece caro, mas se precisas apenas de um, é mais prático e menos trabalhoso :)
Como preparar e aplicar decalques de água (waterslides) encontrarás no Youtube.

Na verdade, eu só queria um decalque (estilo CBS anos 70) para a  minha Telecaster 1974, que foi retirado por um luthier após uma reforma do braço. Como tava com a mão na massa, resolvi fazer o modelo moderno para as Stratos também :) 

Existem algum vendedores de decalque no Brasil, vários no Mercado Livre, mas todos até agora fazem um método similar ao meu. E alguns cobram meio caro por uma coisa relativamente barata.
Mas existe um vendedor na Inglaterra que faz logotipos/decalques IGUAIS aos originais, com tinta metálica. Já comprei dele e posso garantir que ficam idênticos. Procure pelo link na coluna da direita aqui no blog ou clique aqui: "CROX GUITARS". O Crox envia por carta e os que eu comprei até agora chegaram direto pra mim, sem paradas na alfândega, ou seja, sem impostos.

53 comentários:

  1. Dos logos da Fender, gosto mais desses com o "F" gordo, igual tinha no meu ex-contrabaixo Standard Jazz Bass de 1998.

    É bom saber desse papel decalque aí, pois estamos com um projeto de reconstrução de uma Condor RX-30 antiga (dezembro de 1998), e queremos usar a fonte da Fender, mas escrever outra besteira ou xingamento qualquer.

    ResponderExcluir
  2. Eu comprei esse papel de decalque, mas ainda não consegui acertar. Acho que o problema é a impressora que estou usando. Ótimo post Paulo. Abraços, Fabiano

    ResponderExcluir
  3. Se eu invernizar o decalque com um verniz qualquer, e levar pra um luthier colocar o decalque e depois invernizar o braço da guitarra com verniz PU, vai dar certo?

    ResponderExcluir
  4. lahma, vai dar certo pois é assim que alguns plastimodelistas decoram os seus modelos (decalques impressos em casa e verniz de poliuretano em seguida). A primeira camada tem que ser fina para não degradar o decalque e, depois de secar bem, já pode levar outra ou outras camadas mais grossas.

    Paulo, obrigado pelo bom trabalho. Pena não dar para imprimir branco ou dourado em csa a baixo custo. Só mesmo algumas impressoras ALPS o permitem fazer,mas o custo das mesmas e seus consumiveis...

    ResponderExcluir
  5. Paulo!!

    Graças a vc eu fiz uma telecaster hahaha

    Eu leio seu blog direto e acabei montando uma telecaster com ajuda do meu luthier...

    Queria que vc visse como ficou a minha linda!!

    http://guitarcorner.com.br/viewtopic.php?f=6&t=14499

    Grande abraço!!

    ResponderExcluir
  6. Só colocaria um logo Fender desses em alguma partscaster que eu fosse montar com partes Fender licensed, tipo All Parts, Musikraft, Warmoth, ou numa daquelas relics montadas pela MJT que tem me interessado muito ultimamente. Nossa, imaginei agora uma strat MJT, nitro finish, fiesta red, black ou vintage white, as três cores mais bonitas para strato, maple fingerboard e singles high-gain pra tocar um Malmsteen. Foda!
    Agora colocar logo Fender em strato chinesa vagabunda eu acho tosco. Eu faria um logo sacana pra por numa dessas, tipo "Fucker Rodrigocaster", ou alguma coisa ainda mais escrota.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc sugere o quê? Um logo da Gibson na stratocaster? A qualé, o Slash tocou a vida inteira com uma réplica de uma Les Paul feita por luthier com logo Gibson no headstock.

      Excluir
  7. Ambos os pontos de vista estão corretos :)
    Pessoalmente, acho legal colocar o logo porque se a guitarra tem todo o visual e estrutura da Fender, por que não? Considero uma homenagem, já que obviamente deixo claro que não é uma Fender autêntica.

    Quando o logo é colocado com a intenção de vender a guitarra como Fender aí sim é sacanagem :)

    ResponderExcluir
  8. Paulo ,tu viu o seymour duncan zephyr na gp ? acho que sim né! rsrsrs
    E ai ficou com vontade de prova-lo ?




    abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Curioso sim, mas nem morto eu pagaria o preço que eles estão pedindo :)

      Excluir
  9. Fala paulo tranquilo?
    tenho acompanhado seu blog, e suas guitarras são fantásticas! to com uma duvida aqui, tenho um ukulele que é de madeira crua, queria pintar uns desenhos coloridos nele e talz pra dar um ar meio hippie saca, mas não pintar inteiro. sera que a tinta acrilica danificaria muito o som? e tenho que passar algo antes? ou posso pintar direto na madeira?
    abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vinícius, o procedimento é o mesmo pra qualquer tipo de madeira, inclusive as de instrumentos musicais. Sem problemas. Só evite cobrir com muita tinta/verniz. Camadas muito grossas de tinta podem diminuir a ressonância.

      Excluir
  10. Paulo,sei que tu não usa muitos pedais,mas tem muita experiencia, tu poderia comentar um pouco sobre os pedais que vc conhece?Especialmente os de drive...Experiencias e talz

    Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exceto pelo wah Dunlop, não gosto muito de pedais. Uso um clone nacional do OCD eventualmente pra dar um gás nos solos. Falei sobre ele aqui:

      http://guitarra99.blogspot.com.br/2011/04/ocd-ou-ohceedee.html

      Excluir
  11. Paulo , estou , queria esquentar o timbre ,pensei em duas maneira
    1ªimportar um orange Micro terror
    2ª pegar um pedal de drive valvulado,pensei num handmade ou mesmo um behringer rsrss

    a duvida é valvula apenas no pré já seria suficiente? Os pedais de drive são melhor opção ??

    Obrigado , seu blog é tri-legal!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dia desses vi um teste idôneo do Micro Terror e o cara tava babando como custo/benefício e sonoridade desse amp, mas fica melhor plugado em um falante de 12 polegadas.
      O ideal é ter pré E potência valvulados, mas mesmo uma 12AX7 já esquenta o som.
      Podes checar também os pedais valvulados da EFX de São Paulo. São excelentes. Siga o link:
      http://efxpedais.com/loja/category/produtos/valvulados/

      Excluir
  12. Salve Dr.Rock
    Qual cabo voce recomenda e usa para guitarra?
    Eu estava montando meu set e vi que preciso de 2 cabos longos (uns 3m cada) e 3 para pedais , pensei em comprar planet waves:

    http://www.orangorock.com/produto/3668525/Cabo-Planet-Waves-Circuit-Breaker-PW-AG-10-305M

    e estes

    http://www.4garage.com.br/prod,idloja,16379,idproduto,3036250,origem,milhoazul,cabos-cabo-para-pedais-classic-planet-waves--3-unidades-


    Seria uma boa escolha?Ou devo optar pelo george ls ?

    Abçs e obrigado pela força
    Feliz dia dos pais!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ultimamente só uso Sparflex (eventualmente Santo Ângelo). A qualidade é tão boa que esqueci os importados. Mas TUDO que já testei da Planet Waves é de qualidade superior.

      Com qualquer um desses que estamos discutindo, o teu sinal vai ficar íntegro. Considere apenas a pequena elevação da resistência do sinal que é dependendte do comprimento do cabo. Quanto mais longo o cabo, maior a perda, ppte agudos.

      Geralmente deve-se manter a extensão total dos cabos dentro do limite de 6-8 metros.
      Em casa só uso cabos de 1,5 metros :)

      Excluir
    2. Obrigado pela resposta !

      Sempre usei fender e santo angelo , agora estou fazendo testes com planet waves ,tecnifrote , comprei um sparflex tambem...
      uma coisa que eu notei recentemete é que nos cabos mais novos da santo angelo que comprei ao ligar no ampli e bate-lo contra algo ou no piso é que estes "captam" o barulho que a batida faz , isso não ocorre nos meu modelos mais antigos com mais de 10 anos eu acho , são bem silenciosos , passei a reparar que algum cabos fazem isso , deve ter algo a ver com a capacitancia? bom mas o fato é que nos cabos antigos isso não ocorre e nem eram cabos tops como os novos que testei.
      Ah mais uma duvida,recentemete vi uma strato a venda e fui checar,me pareceu original ,timbre razoavel pra uma 97 Am , mas fiquei desconfiado por causa do decalque , voce saberia me dizer se o escrito nessa época era "unico" ;escrito "fender blá blá" ou eram varios decalques pra cada "frase"?

      obrigado Paulo .

      Excluir
    3. Cara, as strato american standard, de 91 a 97, mais ou menos, vinham todas com cavidade "piscinão". O alder é muito bom, mas prefiro a cavidade clássica - tem o som mais cheio.
      A minha é 97 e troquei o corpo. Coloquei duas fotos adicionais do headstock da minha 97 com os logos aqui:
      http://guitarra99.blogspot.com.br/2010/07/fender-american-standard-1997.html

      Os decalques são perfeitos, feitos e colocados com técnica moderna.
      Antes de pegar essa guitarra, se possível, retire os parafusos do escudo e cheque a cavidade. Nem precisa retirar o escudo - é só levantar um pouco que já dá pra ver.

      Excluir
    4. Obrigado Paulo ,peguei a guitarra !!
      Tudo que voce disse batia.


      Obrigado!

      Excluir
  13. ei jack td bom?
    faça um post sobre seus amps a galera esta curiosa
    abçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Logo, logo. Moro em apto e só tenho tempo livre à noite. Daí já viu, né? :)
      Mas já te adianto que o melhor amp que já toquei na vida é o Mesa Boogie 5:25 Express. O meu tá ligado geralmente numa caixa com falante Celestion V30. Dá pra tirar sons perfeitos de Fender, passando por Orange e claro, Mesa Boogie! :)

      Excluir
    2. Paulo, pesquisei aqui no blog e achei essa sua afirmação: "Mas já te adianto que o melhor amp que já toquei na vida é o Mesa Boogie 5:25 Express". Esse mesa tem alguma semelhança com o Dual Rectifier? No sentido de caracteristica da marca, neste seu caso (afirmação), pode-se dizer que tanto o 5:25 e dualrectifier possuem mesmo DNA tiombristico?

      Excluir
    3. Alexandre, pouquíssimas semelhanças. Express drive mesa, mas não é nem de perto agressivo como a linha Single/Dual/Triple rectifier.

      Excluir
    4. Então esse 5:25 é um amp mais na praia de um JCM 800?

      Excluir
    5. Eu diria que não Alexandre... Acho que o 5:25 ta mais pra sonoridade da linha Mark, só em menor tamanho.

      Excluir
    6. Alexandre, quando o post for antigo, sempre entre com um comentário novo - esses que são colocados como respostas, a gente perde um tempão pra localizar, por isso alguns ficam sem resposta.
      Quanto ao 5:25, eu até mudaria o termo "melhor" por "mais versátil". Sua construção é feita de uma forma que são dois amps em um. Ele pode funcionar tanto em classe A quanto A/B e os sistemas são independentes.
      Amps classe A são perfeitos para blues e rock e o A/B pode ir do limpo cristalino até o bem saturado. Ele portanto pode gerar timbres que vão desde um Fender 57 Champ, passando por um Twin Reverb e chegando num Marshall JCM. Nenhum exatamente igual, melhor ou pior. Quando ligado numa caixa 1x2 ou 2x1'2, fica ainda mais versátil.

      Excluir
    7. Paulo, mas entro com comentário novo no post antigo mesmo ou em algum recente?
      Na verdade, meu questionamento era sobre DNA q tanto leio aqui no blog. Acho que tbm posso ter me equivocado em usar esse termo rsrs Me desculpem! Li muito e tbm vcs já me responderam sobre DNA das gibson les paul (comparando uma R9 com uma standard 2008) e, assim, questionei sobre o 5:25 e dual rectifier, se há algo de Mesa/Boogie comum entre eles, caracteristico da marca/fabricante q não seja cópia de outras.

      Excluir
    8. Alexandre, cria um novo comentário no post sobre a qual vc tem a pergunta, assim ele sempre vai pro final da página e é mais fácil a gente achar pra responder. Sim, os MesaBoogie assim como os Marshall tem um DNA sonoro meio próprio que é de uma distorção mais limpa e agressiva no geral. Mas da mesma forma que occorre nos Marshall, onde um JCM 800 é MUITO diferente de um JTM45 apesar de ambos terem DNA MArshall, o Express e o Dual Rectifier são o mesmo caso. Sugiro que vc assista os videos e demos de ambos, tente perceber o DNA MESA e as diferenças de ambos ! :-) Ok?
      Abraço

      Excluir
  14. Patrulha da gramática foi acionada...achavas que era brincadeira minha quando disse que acompanhava o teu blog??? KKKKK
    Escreveste "protejer", com J??? Como assim?? Vamos arrumar??
    Beijo
    Te amo!!
    Ju

    ResponderExcluir
  15. Paulo, td bem? Tem idéia das dimensões do logo F gordo da telecaster, preto com bordas douradas...
    Abçs!!!
    Daniel

    ResponderExcluir
  16. Respostas
    1. O verniz por cima é essencial, senão o decalque descola.

      Excluir
  17. Paulo esta guitarra

    http://guitarra99.blogspot.com.br/2010/07/fender-american-standard-1997.html

    o decal dela é original ou é dos que vc produz? a tinta do logo fender é metalica igual ao original?


    abc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é Fender mesmo. Troquei o corpo e os captadores e no mês passado, o bloco original por uma bloco Manara.

      Excluir
  18. amigo ainda hj os decais ou decal da fender é damesma maneira só mudou o acabamento e tudo water decal agora pra fazer com a tinta dourada ou prateada tem jeito sim ja fiz alguns e ficaram iguais aos originais, .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Parabéns. Realmente, para ficarem iguais aos originais, é necessário que se utilize impressora que aceite tinta metálica

      Excluir
    2. mas a sua impressora aceita tinta metalica? para que dourado fique igual ao logo original?

      Excluir
    3. Leia o post. Minha impressora é comum. Uso as cores pra simular o metálico.

      Excluir
    4. ah sim, achei que sua impressora era de tinta metalica, o da guitarra que voce fez deste link é original ou é deste que voce reproduziu?

      Excluir
    5. Só a strato 97 e a preta têm os logos originais. Todas as outras eu que fiz.

      Excluir
  19. ah sim E o Jorge nao tem a impressora com tinta metalica? vc tem o email dele Paulo?

    ResponderExcluir
  20. Tem como fazer a parte metálica com uma caneta Sakura de tinta metálica.
    Pinta-se por trás e somente a parte do interior da fonte.
    Fiz um logo do custom shop da Fender.
    Gostaria de saber se posso disponibilizá-lo. É um "Brush" pra Photoshop e pode ser escalonado pra qualquer tamanho, como um vetor.

    ResponderExcluir
  21. Boa ideia, Luiz, mas eu utilizo um tipo de decalque que vem em folha A4 com papel, portanto não dá pra pintar por trás. Já tinha ouvido falar dessas canetas mas nunca vi/testei uma. Será que dá pra pintar pela frente? A tinta reagiria depois com a proteção de verniz?

    Se puderes disponibilizar o brush, todos agradeceríamos. Podes postar um link para download?
    Obrigado!

    ResponderExcluir
  22. Paulo, o processo é um poco trabalhoso, mas fica perfeito.

    Você transfere o decalque ao contrário paraum pedaço de papel base waterslide já usado.

    Em seguida, seque-o seco, mas tem que esperar até que esteja bem seco.

    Então você pode usar uma caneta Sakura metálica na parte inferior do decalque até o limite da borda impressa.

    Aí tem que transferi-lo de volta para o papel original e conferir se a pintura está certa. Deixa secar novamente e depois colá-la na guitarra!

    A opção mais segura é aplicar um pouco de clear coat no waterslide e esperar ele secar antes de passar pra guitarra.

    Fica assim

    http://s180.photobucket.com/user/jonathanbennett120/media/bernes-preview.jpg.html

    Vou disponibilizar o brush. Só faltam alguns ajustes porque na impressão não ficou 100%, tem uma linha pixelando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Putz, Luiz! :)
      Meus dedos e os waterslides são inimigos natos! KKKK
      Essas trocas devem ser feitas com extremo cuidado e com tudo bem úmido, senão...
      Vou tentar isso, mas antes preciso arranjar uma caneta dessas. :)

      Excluir
  23. Paulo e Oscar,
    aqui está o link para download do brush para Photoshop do logo Fender Custom Shop

    https://docs.google.com/file/d/0BzqbontAmxz8eDh2MzByMDR3T2c/edit?usp=sharing

    Para instalar, localize a pasta "Presets" e dentro dela a pasta "Brushes", normalmente o
    caminho é: C:\Arquivos de programas\Adobe\Adobe Photoshop\Presets\Brushes
    Encontrada a pasta copie esse arquivo pra dentro dela.

    Se possível, gostaria que disponibilizasse a folha com os logos Fender que aparecem no blog.
    Abraços e bons sons.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Luiz. Podes me passar o teu e-mail?
      Se achares que aqui é muito público, por favor, acesse o fórum da Guitar Player e envie uma MP para "Jack".
      Abraço!

      Excluir
  24. Não tenho uma custom shop em mãos para saber o exato tamanho do logo.
    Pelo que estimo deve ser 3,47cm de ponta a outra do escrito "Custom Shop".
    Para a impressão sair nessa medida, selecione para imprimir em 34,35% do tamanho real no comando "Print\Position and Size" no Photoshop.

    ResponderExcluir

Antes de perguntar, faça uma pesquisa no campo "Pesquisar nesse blog".