terça-feira, 13 de novembro de 2012

Instrumentos musicais ficarão mais caros em janeiro de 2013

Post rápido.
Resumindo, o governo brasileiro pretende, à partir de 2013, aumentar (ainda mais) os impostos sobre instrumentos musicais. Ridículo!
Leia a notícia aqui: CLIQUE
Assine a petição aqui: CLIQUE

Se não fizermos nada agora, o barco vai continuar afundando. Assine a petição e peça para seus amigos assinarem também, por favor!

PS: O Pedro Ditz colocou um link interessante.  É um projeto de lei (de 2004 - ainda não votado!) do senador Morazildo Cavalcanti que sugere a isenção do imposto de importação para músicos:  CLIQUE.




92 comentários:

  1. Jack, sendo o ICMS um tributo estadual, essa revisão da MVA não se aplica somente ao estado de SP?

    ResponderExcluir
  2. Tiago, desculpa a intromissão, as cotas nacionais são baseadas nas aplicadas em São Paulo, direta ou indiretamente, mesmo porque a maioria dos produtos , em algum momento, vão ter alguma ligação com SP.

    Mas em relação ao post.
    Eu assinei, porque creio que esse abaixo-assinado faz parte de um processo maior , mas mesmo assim o MVA do governo (autorizado) e o MVA Proposta continuam estupidamente altos.

    As pessoas deveriam se lembrar que quem é dono do país é sua população.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí, Daniel.
      Tiago, mesmo que fique restrito à São Paulo - o que eu duvido - continua valendo o princípio: não podemos ficar passivos diante de um processo que parece mais extorsão do que tributação.

      Excluir
  3. Mais essa agora Paulo!
    Já assinei a petição pra que possamos intervir nessa palhaçada!
    Mudando um pouco de assunto Paulo, gostaria de tirar uma dúvida sobre preços de luthier com você.
    Ontem fui a uma oficina de luthieria da minha cidade e fiz um orçamento de regulagem geral da guitarra e a troca da parte elétrica da minha guitarra.
    Levei os captadores,potênciometros,knobs,um escudo, tudo o que se precisa na montagem da elétrica num escudo de strato.
    no orçamento o profissional me cobrou 60,00 R$ pela regulagem geral(OK regulagem com um preço bom na minha opinião) e 140,00 R$ pela montagem do escudo e sua troca!
    de imediato achei caro a troca o escudo mais não disse nada,pois, não tenho nenhuma experiência com luthier algum então gostaria de perguntar se o preço do trabalho é realmente justo ou não.
    estou pensando em adotar a prática do "faça você mesmo" e aprender a montar da maneira certa um escudo, começando por um solderless da Malagoli e posteriormente montando os escudo com solda como se monta normalmente, provavelmente gastarei um pouco mais porém irei adquirir conhecimento que não se compra de jeito algum rsrs...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruno, cada luthier tem seu preço, e esse aí não tá tão fora da média.
      Uma das razões desse blog existir é essa: guitarristas podem (e devem) saber fazer regulagens e instalações básicas.

      Existem na internet vários vídeos ensinando a soldar - não é complicado e se eu aprendi, qualquer um consegue também :)

      Ou pague o luthier com a condição que ele te deixe participar e aprender o processo - a maioria topa.

      Excluir
    2. No meu caso, NÃO há luthier num raio de 250 km. Resultado: busquei informações em blogs como este. Comprei o material de soldagem, treinei em peças usadas até aprimorar a solda. Os diagramas são relativamente simples, basta seguir à risca e não tem erro!

      Excluir
    3. poxa cara ai é complicado!!
      ainda bem que consegui dar um jeito na coisa.
      eu penso em fazer sozinho, mais as vezes tenho um pouco de medo pois tenho apenas 2 instrumentos e se acabar estragando eles vai ser meio complicado para recuperar o prejuízo kk
      quando se relaciona a parte elétrica fico mais calmo,já abri o escudo varias vezes e refiz algumas soldas porém ainda não sei montar um escudo completamente, o correto seria fazer um curso de luthieria, mais esse tipo de curso não existe na minha cidade e são poucas as pessoas que sabem o que é e o que faz um luthier

      Excluir
    4. Bruno, veja a guitarra que montei: http://img211.imageshack.us/img211/4134/hssc.jpg
      Comprei cada parafuso separadamente. Segui o diagrama da HSS da Fender, mais umas dicas valiosas do Jack e ficou um trabalho bem legal (se bem que as peças são todas originais, encaixam perfeitamente). Fiz até a blindagem com cobre. A guita está firme, regulada, bem macia pra tocar... Tudo sem luthier, rs

      Excluir
    5. Nossa cara que guitarra linda!!
      ela é uma Fender parecida com a que o Paulo(Jack) montou?

      Excluir
    6. Bruno, a montagem dessa guita foi no mesmo espírito com que o Paulo montou as quase 4 dezenas de guitarras dele :)
      Ficha técnica: neck American Special; corpo Mex Standard; cap. braço Fender Custom Shop '54; meio Texas Style; bridge Fender DH-1. Demais componentes, todos Fender Standard. Vou trocar esse corpo por um American aged white, acho que vai ficar ótimo.

      Excluir
    7. nossa cara que guitarra fantástica!
      gostaria de ouvir o som dela kkkk
      e acho que um corpo American aged white ficaria com uma estética melhor,não acho muito bonito a pintura estilo sunburst com as bordas escuras(não sei se é o mesmo nome)apensar de concordar que a sua guitarra ficou linda!
      e o aged white é uma cor muito bonita, tenho vontade de mandar pintar a minha guitarra semi-acústica dessa cor ou se não um creme claro, que nem a LP do Randy Rhoads que é ou um aged white ou um creme claro! linda também por sinal!

      Excluir
    8. Na verdade, desde moleque sou apaixonado pela cor sunburst. Mas tenho visto umas brancas fantásticas, o que me deu vontade de experimentar; entretanto, talvez a cor branca fique melhor com escala escura, pelo contraste :)
      O bom mesmo seria manter essa e montar outra. Mas, por mais que eu seja "louco por guitarra", ainda não posso me dar ao luxo de ter todas as guitas que gostaria, rsrs! Talvez um dia possa seguir os passos do Paulo, kkkk
      Quanto ao som, ficou mesmo muito bom.

      Excluir
    9. eu gosto da sunburst com as bordas vermelhas !! essa na minha ipinião é muito bonita, mas não gosto muito dessa com a borda escura, em algumas guitarras fica muito bonita como ficou na sua por exemplo, porém prefiro guitarras com o corpo de uma só cor!! kk

      Excluir
    10. Você está falando da sienna burst. É realmente uma maravilha, geralmente aparece em guitarras top. Custa em média uns 350 dólares, sem a ponte... some a isso o frete e o imposto... mais as alterações que o governo está planejando, e imagina o preço final :)
      Com relação ao post, ao menos para os músicos profissionais, talvez haja uma melhorazinha paliativa: http://www.senado.gov.br/atividade/materia/detalhes.asp?p_cod_mate=67150
      Pena que não alcançará a todos os "loucos por guitarra", :(

      Excluir
    11. Que ótima notícia Pedro!
      e essa guitarra "sienna Sunburst" é realmente muito linda
      por 350 dólares + frete + impostos + blá blá blá... não chega no Brasil por menos de 1500,00 R$ nos meus cálculos... é uma pena..
      me tirem o bom gosto ou me deem muito dinheiro kkkk
      ser pobre e gostar de instrumentos é realmente muito ruim no Brasil, odeio passar vontade... Aliás estou dando um upgrade na minha guitarra, depois eu posto um link aqui nessa conversa pra ver como é que ela ficou! até terça chega o meu escudo novo pra começar a brincadeira!!

      Excluir
    12. Jóia! Talvez possa te passar umas dicas sobre capacitores, andei pesquisando um bocado.
      Que cor de escudo vc comprou? Deu o maior trabalho pra encontrar um "brown tortoise, 4 ply :)

      Excluir
    13. Comprei um escudo branco HH solderless da Malagoli...
      queria um preto, mais estava previsto pra chegar semana que vem mais o GAS e a vontade de dar o upgrade não me deixou esperar.. creio que depois irei montar meus próprios escudos estudando melhor esses solderless...já começando pelos pots. acho que vou trocar o pot. de volume que é de 500k para um de 1 mega e assim que chegar darei uma boa olhada no capacitor e verei se merece alguma mudança... conto com a sua ajuda..e a do Paulo também se ele vir este comentário! kk

      Excluir
    14. Fala Pedro!
      esta semana eu terminei de montar a parte elétrica da minha guitarra porém o único capacitor que pude usar são os já disponíveis no escudo já que não consegui encontrar capacitores em nenhuma das 3 lojas que procurei =/
      porém o som da minha guitarra ficou muito bom do jeito que eu esperava :).. e hoje (08/12/20012)andando pela rua eu me deparei com uma loja de móveis usados e vi uma guitarra bem surrada e com uma pintura muito mal feita(por cima do verniz original) e resolvi compra-la já que possuía um braço ótimo de maple de 22 trastes no modelo da Jackson que estava a fim de comprar,só preciso dar uma boa lixada nele pra ele emagrecer um pouco kkk :) paguei só 30 reais na guitarra...
      depois vou dar uma bela lixada nela,pois,ela parece bem velhinha e as guitarras velhas geralmente tem boas madeiras, porém a elétrica e a captação dela estão péssimas.. as soldas são totalmente "improvisadas" já que os fios não tinham o comprimento correto pra se fazer a solda corretamente....
      vejo um upgrade nela em breve,se valer a pena,se não montarei a minha sonhada Jackson por um preço bem mais acessível com uns anúncios de madeiras que andei vendo no ML kk
      abraços e até mais!

      Excluir
    15. pedro eu dei uma lixada na guitarra( parte interna do escudo) e pelas minhas pesquisas e conhecimento advindos desse blog a madeira é Alder!! =]
      se for Alder mesmo estarei muito muito muito feliz mesmo kk
      a madeira é bem clara e não possui veios até onde eu lixei, embora tenha lixado pouco me parece que é Alder mesmo pelas fotos que vi na internet e pelas fotos da Telecaster do Paulo..
      já pensou cara uma guitarra de Alder com braço de maple no estilo das jackson e uma ponte "Kahler" aparentemente por 30 reais, cara se for isso mesmo eu realmente me dei bem :)

      Excluir
    16. Se fosse só a ponte Kahler já valeria a pena. Imagine o resto. Excelente caçada! :)

      Excluir
    17. kkk Paulo antes que pense que errei seu nome nesses comentários quero que saiba que não coloquei Pedro e Paulo por que achei que soava meio que dupla sertaneja kkk..
      e como eu e o Pedro estávamos trocando informações pelo blog tinha achado melhor só o nome Pedro (sem te excluir é claro ;] )...
      Desculpe alguma coisa kkk e eu não tenho certeza se a ponte é uma Kahler ou não... mais pelo menos pelas fotos da internet e pelo aspecto dela me pareceu uma Kahler ou se não uma cópia genérica..
      obrigado pela resposta anterior e continue sempre com esse padrão de qualidade no blog! :)

      Excluir
    18. Não há o que desculpar, Bruno. Pelo contrário, esse é um assuno que tem tudo a ver com o blog.
      Tenho certeza que o Pedro vai concordar :)

      Excluir
    19. Paulo,fiz um post sobre esta guitarra que comprei por 30 reais.
      apenas sobre o estado inicial dela e como está o corpo após ser lixado.. se puder dar uma olhada e dar uma conferida na madeira pra me ajudar a descobrir qual é!
      depois de te-la lixado completamente eu não acho mais que é Maple.
      http://aprendizdeluthierr.blogspot.com.br/2012/12/pondo-mao-na-masops-na-madeira.html
      obrigado pela atenção! :)

      Excluir
    20. Bruno, fui lá no teu blog e deixei um comentário. Voltei hoje e não tem nada. Não entrou ou foi apagado?

      Excluir
    21. Paulo jamais apagaria algum comentário seu!
      provavelmente não entrou :)
      caso não de certo pode escrever nessas respostas aqui, pois, não haverá problema algum já que acesso o seu blog diariamente kk
      obrigado mesmo assim por dar uma passada lá e por tentar comentar no micro blog kkk

      Excluir
    22. Basicamente, pra não escrever tudo de novo, acho que se a guitarra foi feita com madeiras nacionais, o corpo deve ter o top e fundo de marupá e recheio de marfim. O braço deve ser marfim. Se veio de fora, top e fundo de basswood e centro e braço de maple. Corpo "sanduíche (3 peças)" é uma técnica válida e às vezes gera guitarras fantásticas.
      Pelas cavidades, dá pra perceber que foi feita manualmente, e aí a habilidade do luthier é imperativa para uma boa tocabilidade.
      Achei-a uma bela pechincha por 30 reais e acho que vale à pena investires nela. Pessoalmente, não gosto de headstocks angulados. Esse parece Jackson, mas eu tentaria aproximá-lo (se possível - não estudei em detalhes) de um Kramer.

      Excluir
    23. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    24. Paulo obrigado pela ajuda!
      como a guitarra não possuía nenhum logo de marca alguma,não é possível saber se é nacional ou internacional... apesar de aparentemente ser nacional pelas cavidades feitas à maquina,porém com alguma imperfeição.
      vou leva-la á um pintor e dar uma personalizada nela!
      o rapaz não é careiro e faz um trabalho e tanto!
      provavelmente o que me dará mais trabalho é o escudo dela,que por ser muito diferente dos escudos de Stratos convencionais devido a sua ponte também diferenciada,terei que levar à um luthier para que possa fazer um escudo novo antes de mandar pinta-la, para que possa ser feita a pintura junto com o escudo,assim como foi feita numa guitarra do Andreas Kisser e em outra do Kirk Hammet.
      Até mais Paulo, caso tenha alguma dúvida conto com a sua ajuda novamente te perturbando por aqui de novo! :)

      Excluir
    25. Quando acabar a aventura, avise! :)

      Excluir
  4. boa alternativa essa apresentada por você!! não tinha pensado nisso
    vou pensar nas duas opções e provavelmente optarei pela sua opção se eu não entender direito pelos vídeos do Youtube =]
    obrigado Paulo mais uma vez!

    ResponderExcluir
  5. Devidamente assinada! Os tributos nacionais estão cada dia mais "indecentes".

    ResponderExcluir
  6. Oi, sou meio novo com guitarras e queria muito comprar uma guitarra semi-acústica mas não faço a minima ideia sobre que marca comprar e etc...
    Vale um post? Abç Obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda não postei nada sobre semi-acústicas porque não tenho experiência com elas. Possuo apenas uma, Aria e é muito pouco usada.
      Nada contra, até as acho muito interessantes, mas ainda estou aprendendo sobre as sólidas. :)

      Excluir
  7. Paulo, existe também o PL 3623/2008: http://www.camara.gov.br/proposicoesWeb/fichadetramitacao?idProposicao=401399
    Não tenho qualquer esperança de que vingue, mas poderia ser uma boa pedida para os músicos. Lembro-me de ter cadastrado meu e-mail para receber informações acerca desse Projeto de Lei, mas há tempos que não aparece nada :)

    ResponderExcluir
  8. Paulo, tem como você fazer um review sobre as guitarras Seizi?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Poxa cara.. me desculpe intrometer!
      eu estava pensando em comprar uma dessas guitarras strato da Seizi, pedi a opinião do Paulo e dei uma pesquisada.. a resposta que ele me deu foi uma excelente resposta e de acordo com as minhas pesquisas como sempre... transcrevo a seguir a resposta do Paulo à minha pergunta:
      "O mestre Tagima colocou um pouco de sua genialidade nessa linha de guitarras para iniciantes feita na China, Bruno. Mas para manter o preço competitivo, as madeiras não são grande coisa e nem o hardware, incluindo captadores.
      Tente achar uma strato ou tele SX de "American Alder"."

      cara não compensa comprar uma guitarra dessas na minha opinião... por esse valor vc poder fazer um baita upgrade na sua guitarra (se já tiver uma) ou comprar outra bem melhor com um pouco mais de dinheiro, lembrando que encontrei essas guitarra pelo preço de 750,00 R$ aqui em Indaiatuba cidade onde resido espero ter dado uma ajudada e desculpe novamente caso não queira minha resposta rsrs

      Excluir
    2. Bruno, obrigado pela resposta!

      Na verdade eu estou procurando uma guitarra com um bom custo/benefício para comprar. Eu estava interessado em comprar uma seizi vision Ivory, que é toda feita em maple. Com exceção desse modelo, todas as outras são de basswood, que é a mesma madeira da guitarra que tenho atualmente.
      Com relação á sua resposta, qualquer contribuição é bem-vinda; acho que esse é o objetivo do blog.

      Abraço!


      Alberto

      Excluir
  9. Por falar em maple, um corpo em maple gera um bom timbre?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alberto sinceramente nunca tinha ouvido falar de um corpo de maple...
      sei que o maple é ótimo para braços de guitarra, porém para o corpo passo para o nosso perito Paulo May vulgo Jack :)
      essa Seizi vision Ivory é aquele toda branca né! quando estava pesquisando vi que eles só fazem esse modelo totalmente branco, muito bonita por sinal!! mais por falar em um bom custo benefício acho que deveria procurar pelas stratos ou teles de "America Alder" da SX pois segundo o Paulo são guitarras com ótimas madeiras e bem acessíveis(na faixa de 600 reais)inclusive foi ele quem me indicou essas guitarras... como eu não encontrei nenhuma SX nas lojas da minha cidade resolvi dar um upgrade na minha guitarra :)

      Excluir
    2. Bruno, muito obrigado pela ajuda! Responder todas as mensagens diárias não té fácil! :)

      Alberto: Sobre as Seizi chinesas em geral, é o que o Bruno falou. Um corpo de maple pode soar meio estranho para alguns guitarristas, às vezes sem graves naturais.
      Talvez para coisas de alto ganho/metal, possa servir, mas não acredito que será uma guitarra versátil.

      Excluir
    3. Obrigado pelas respostas, pessoal!

      Excluir
  10. Paulo,

    Aqui em Salvador é meio difícil encontrar guitarra SX. A Yamaha Pacífica 112 VCX ou a 112J (Ambas possuem corpo em Alder) seria uma opção? Eu toquei com a VCX meses atrás e gostei do som, embora eu tenha achado os trastes muito finos. A SX realmente tem mais timbre e 'cara' de strato.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essas Yamahas são muito boas pelo preço. Acho que nos detalhes, melhores que as SX. É bom lembrar que o desenho do corpo é parecido, mas não é igual ao da strato.
      Já postei sobre a 112J no fórum da GP:
      http://www.guitarplayer.com.br/forum/index.php?/topic/964-guitarra-e-amp-baratos-para-iniciantes/page__view__findpost__p__18259

      Excluir
  11. Salve Paulo,
    tudo hollywood?
    O que tu achas do poplar?Tu gostas ou odeias?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca tive e provavelmente nunca terei uma guitarra com corpo de Poplar, mas se topar com uma strato com essa madeira numa loja, testarei com certeza.

      Não é preconceito gratuito, mas via de regra madeiras de muito baixa densidade (e peso), como Poplar, Basswood e Marupá, não soam tão bem em guitarras clássicas como stratos ou teles. Mas já testei uma strato de Marupá mais pesado que soou muito bem.

      Podem ser entretanto, excelentes para outras configurações.

      Excluir
  12. Paulo , no site da malagoli recomenda não misturar pickups de alnico e ceramicos , tenho um hot rail e quero colocar dois singles de alnico , o que voce acha ? pode desmagnetizar ou não? voce tem alguma guitarra com essa mistura ?
    Se eu não estou enganado , me parece que o tony iommi tinha ou tem um humbucker feito com alnico e ferrite ... de fato tudo isso é confuso rsrsr por isso apelo pra vossa sabedoria.
    obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já respondi a essa pergunta. Tá aqui, no final dos comentários:
      http://guitarra99.blogspot.com.br/2011/07/captador-de-guitarra.html

      Excluir
    2. Obrigado , desculpe o incomodo é que realmente não tinha visto,é muita informação.
      Obrigado.

      Excluir
  13. Oi , estou querendo comprar uma guitarra ,mas não intendo muito ,estou querendo gastar uns 600 reais , QUAL A GUITARRA QUE VALE A APENA COMPRAR COM 600 REAIS COM UM OTIMO CUSTO BENEFICIO ??

    Obs: Ja que ano que vem almentam os preços , vou comprar esse ano ainda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. siga o link:
      http://www.guitarplayer.com.br/forum/index.php?/topic/964-guitarra-e-amp-baratos-para-iniciantes/

      Excluir
    2. Valeu por responde , ajudou em muito , vou escolher essa guitarra aq ,será que é uma boa escolha pelo preço que é 322 reais ??

      Guitarra Condor Basic Strat Rx-20s Hsb

      - Corpo: Basswood
      - Braço: Maple
      - Escala: Rosewood
      - Trastes: 21
      - Tarraxas: Condor (Cromo)
      - Ponte: Condor Tremolo (Cromo)
      - Captação: 3 Singles Condor
      - Controles: 1 Volume e 2 Tones
      - Chave: 5 posições

      Excluir
    3. ou Guitarra Tagima Strato T 735 Special Preto + Afinador Tagima por 314 no boleto. Qual é a melhor dos 2 ??

      Corpo: Basswood
      Braço: Maple. Escala: Rosewood, com 22 trastes e marcações em abalone Nut (Capo Traste): Osso Medida: 42.5mm
      Captadores: 3 Single Coils Standard de alnico
      Ponte: Tremolo vintage cromada
      Controles: Chave de 5 posições, 1 controle de volume, 2 de
      tonalidade
      Tarraxas: Cromadas e blindadas

      Excluir
    4. ou Guitarra Vintage SX SST62 BK

      SST62+: Guitarra SX Vintage series plus
      Guitarra SST62 + Vintage series plus
      Acompanha Gig Bag de nylon, DVD Power Guitar SX, Chave para regulagem do tensor e ponte
      Ponte Trêmulo standard Vintage
      1 Controles de volume 2 de Tonalidade
      3 Captadores simples tradicionais
      Braço em Maple
      Corpo em Alder
      Tarraxas tradicionais vintage cromadas
      Escala de Rosewood
      Escudo branco
      Ótima construção

      Especificações Técnicas
      Série: SX SST62+ estilo ST Tradicional Vintage plus
      Cordas: Aço
      Ferragens: Cromadas
      Ponte: Tradicional vintage
      Escala: 648 mm (25.5")
      Largura do nut: 43 mm ( 1.69")
      Marcação: Dot Perolóide (Bolinha)
      Acessórios: Gig Bag de nylon EB400, DVD Power Guitar SX, Chave para regulagem do tensor e ponte

      Excluir
    5. essa Guitarra Vintage SX SST62 BK está 380 reas
      http://www.ricardoeletro.com.br/Produto/Guitarra-Vintage-SX-SST62-BK-Preto-Stratocaster-Rosewood/3155-3156-3170-223148/?utm_source=Buscape&prc=242&utm_medium=CPC_Instrumentos_Musicais_Buscape&utm_campaign=Instrumentos_de_Corda&utm_content=Guitarra

      Excluir
    6. Guitarra ST American Alder SST Alder NA SX por R$541,00
      Características
      - Guitarra estilo ST Tradicional
      - Braço em Maple
      - Corpo em American Alder
      - Escala em Maple
      - Tarraxas blindadas cromadas
      - Marcação Dot black
      - Escudo Branco (3 ply White/Black/White)
      - 3 Captadores Tradicionais simples
      - Acabamento brilhante

      Especificações Técnicas
      - Modelo: SX SST
      - Série: SST ALDER Vintage
      - Braço: Maple (One-Piece parafusado)
      - Escala: Maple
      - Corpo: American Alder
      - Trastes: 21
      - Tarraxas: Blindadas
      - Ferragens: Cromadas
      - Ponte: Trêmulo standard vintage
      - Escala: 648 mm (25.5")
      - Largura do nut: 42 mm (1.654")
      - Escudo: Clássico Branco (3 ply White/Black/White)
      - Marcação: Dot black
      - Acessórios: Chave para regulagem do tensor e ponte
      - Captadores: 3 Single coils
      - Controles: 1 Volume 2 de Tonalidade, 1 Chave 5 posições
      - Peso líquido aproximado: 3.2kg
      - Dimensões do produto (LxPxA): 33,5x100x6cm

      Excluir
    7. Paulo May , Qual a melhor guitarra dessas 4 ai ??

      Excluir
    8. Amigo, obviamente não leste o tópico do link que te indiquei e também não usaste o search/procura daqui - Só sobe a Tagima 735 Special tem um post enorme.
      Desculpe a sinceridade, mas acho falta de educação fazeres 4 posts num tópico que não tem nada a ver com o assunto, SEM pesquisar antes.

      Pra encerrar o assunto de vez, se a SX "american alder" tiver o selo "american alder" com o desenho da bandeira dos EUA colado no escudo, pegue essa.

      Excluir
    9. Li sobre seu processo Tagima 735 Special ,foi mal que fiz esse post nada ver com a noticia , mas ja que vai almentar de preço ano que vem , eu vou ter que comprar ainda esse ano , então vou pegar esse SX "american alder" ja que para vc é melhor do que o resto . Vlw por responder.

      Excluir
  14. Paulo May , voce que tem esperienci em guitarras , essa Guitarra Squier Strato Original 932 6330102 - VBS é boa ?? levando em consideração que o preço e que não quero gastar muito no inicio .

    http://www.multisom.com.br/produto/guitarra-squier-strato-original-932-6330102-vbs-1003.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Corpo de basswood, ponte, tarraxas e captadores ruins. Não vale o preço.

      Excluir
    2. Essa aqui já vem com hardware bom e madeiras boas e nem precisa tunar:
      http://www.multisom.com.br/guitarra-vintage-strato-v6-reissued-series-preto-2296.html.

      Excluir
  15. Paulo,

    ano que vem pretendo comprar minha primeira guitarra Fender,que eu espero que seja no minimo uma American Standard,minha duvida é nas lojas aqui em são paulo os preços variam ,mas está em torno de 6 ou 7 mil ,não tenho todo esse dinheiro,vou juntar mais um pouco ,mas queria saber se vale a pena comprar numa loja,no mercadolivre com vendedores que tem preços em torno de 4 mil(claro como boa reputação como o sabino) outra alternativa ?
    Não queria comprar usada.

    Pelo que estou vendo os preços vão subir ainda mais e com salario de estagiario fica ainda mais complicado rsrs
    Será que de inicio os preços ficaram altos e no final do ano irão abaixar?será que alguem vai tomar alguma providencia?
    Voltaremos aos primordios do Brasil onde Fender era avis rara?
    obrigado e abçs





    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São dúvidas que quase todos temos. Geralmente no ML são mais baratas pq não existem os custos da loja física, etc., mas não dá pra testar/avaliar a guitarra antes da compra. Pagas menos, mas tens menos garantias também...

      Excluir
  16. May,acompanho sempre que posso seus posts,e estão cada dia melhor!Parabens e continue assim.

    Tenho algumas duvidas:

    Quando voce vai comprar uma guitarra classica,seja tele ou strat,o que voce observa?
    Tem algum truque pra saber se é boa/diferente/especial das demais ?alem de ouvir seu som
    Voce tem algum palpite sobre a nova edição comemorativa da fender que será lançada em breve?


    Outra duvida,assinei a petição , mas tipo se tivermos um numero "x" conseguiremos fazer algo concreto?Só essas assinaturas virtuais tem todo esse "poder"?(espero que sim rsrsrs)

    É lamentavel ver que o Brasil não investe na cultura e ainda ferra os brasileiros desse jeito.

    obrigado pela atenção.

    Jorjão



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jorjão, essa é uma pergunta difícil... A primeira coisa que checo nas guitarras são as especificações: madeiras, medidas, hardware. Em seguida, a tocabilidade: pegada do braço, peso, trastes.
      A coisa pega quando vamos avaliar o timbre. Se for ruim, dá pra sacar na hora, mas existe uma zona duvidosa entre o timbre muito bom e o excepcional que dependerá também do amp e das condições do teste, pois semre temos que comparar determinado timbre com outro de referência. Cito um exemplo: tenho várias Telecaster e todas com timbres muito bons. Se pegar agora a Tele "Black Jack"( http://guitarra99.blogspot.com.br/2011/03/quanto-custa-uma-boa-telecaster.html )
      vou babar com a sonoridade dela e achar que está perfeita. E será perfeita, mas até eu plugar a minha Tele 1968 ( http://guitarra99.blogspot.com.br/2010/07/fender-telecaster-1968_25.html )
      Daí a Black Jack ficar menor... :) É foda. Pra testar com certeza uma Tele em alguma loja - e pode até ser uma Fender Custom Shop - eu teria que levar a minha 68 e compará-las lado a lado.
      Algumas guitarras que achei excelentes na loja (independente do amp) se mostraram apenas boas depois de algum tempo e vice e versa...

      Um dos maiores lances de sorte da minha vida foi a Les Paul Gibson 1981, que ganhei de presente da minha esposa. Ela sabia que eu estava namorando essa guitarra, mas eu só a compraria depois de testá-la na loja em Porto Alegre (uns 800 km daqui). Num impulso, ela comprou-a e me deu no aniversário. Sorte grande - timbre absolutamente fodástico! :)

      Excluir
    2. Me esqueci de concluir - mesmo que sejamos extremamente precisos na avaliação, ainda é necessário um pouco de sorte (e intuição) para conseguir a "guitarra perfeita".

      Excluir
    3. Opa!Obrigado pela resposta!
      Já que voce tocou no assunto,que linda sua Les Paul heim!Parabens!!!
      Pelo visto voce é um cara de muita sorte,alem das guitarras perfeita pelo visto tu tens a esposa perfeita,parabens!!
      Muita paz e saude meu bom!

      abçs
      Jorjão

      Excluir
  17. Dica para os guitarristas de plantão: Quem quiser vender ou comprar um guitarra, nova ou usada, acesse esse site www.meuinstrumento.com.br . É um site de classificados dedicado exclusivamente a anúncios de instrumentos e equipamentos musicais. Para anunciar não paga nada.

    ResponderExcluir
  18. Boa tarde,
    muito bom seu blog, ainda não toco mas quero começar ainda esse ano, quero me dar uma guitarra pra começar a aprender. Já estou na pesquisa a quase 1 ano, entre as procuras acabei conhecendo o blues, que me deixou louco, agora em vez de ir no youtube procurar por metallica, megadeth, zakk wylde e essas bandas que curtia no passado, e ainda curto, agora procuro por srv, chris duarte, joe bonamassa, bb king, enfim os bluesman mais conhecidos, ainda estou conhecendo melhor esse mundo.
    Estou na dúvida sobre qual guitarra comprar, será uma strato, fato. Mas estou na dúvida entre qual exatamente, estou entre as Sx sst e a vintage v6. Sei que a vintage sai pelo dobro do preço, mas já vem pronta como vc mesmo postou aqui. A questão é aquela, existe a possibilidade de me frustar e até desistir, acontece. Mas não quero desistir por não conseguir um som legal, pois comprando uma dessas guitarras mais baratas acho que pode ocorrer não?
    Enfim, como irei tocar em casa e moro em ap, irei usar fone no começo e estou pensando em utilizar um guitar link e guitar rig ou um desses softwares.
    Perguntas, vale a pena pegar logo de cara um v6 ou um sst iria me satisfazer nesse meu inicio?
    E em relação a utilizar o guitar link, acha que vale a pena para estudo e tocar em casa? Detalhei irei comprar um fone melhorzinho e usar com uma interface dessas da china mais algum software desses conhecidos.
    Obrigado pela atenção, sei que não irei tirar as músicas que quero tanto de começo, mas já pesquisei e sei por onde começar....legião urbana, que também curto muito e tem muitas músicas fáceis de tirar.
    Abraço e continue com o blog, e principalmente com suas experiencias em relação a updgrade nas guitas e tudo mais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André, eu tiraria a SX da jogada e colocaria uma ainda mais barata: Condor RX10 ou RX20. Ficarias entre uma "descartável" mas boa para iniciante e outra praticamente profissional (Vintage V6 com corpo de alder americano).

      Excluir
    2. Paulo,
      Obrigado pela opinião, me decidi pela vintage mesmo, agora é só esperar chegar levar a um luthier e começar umas aulas.
      Abraços

      Excluir
  19. e ahi paulo blz?

    acompanho seu blog e fico louco pra mexer bastante na minha guitarra, pois vejo muitas oportunidades de melhorias.

    Gostaria de sua ajuda, tenho hoje uma epiphone les paul custom, chinesa de madeira pesada, que ainda quero colocá-la no raio x. É uma boa guitarra, mas sinto que ela tem um som um pouco fechado, talvez por ao abrí-la, vi que parece ser uma custom mesmo, mogno com tampo de mogno (nao tem a separacao de madeiras). Ela tem pots alpha, parece que tem capacitores - dos vermelhos (estão muito muito coladinhos nos pots de tone). Está com seymours APH1 (a primeiral leva "signature" do slash) - braco e ponte.

    Quero melhorá-la ao máximo, o som que procuro eh bem hard-rock (linha guns, darkness, motley crue) e as vezes um iron maiden soh pra distrair. Mas o som seria bem baseado no darkness/maiden, com pitadas de ac/dc e zeppelin. Algo assim. Na verdade, preciso de mais brilho na guitarra, ela parece estar com falta disso no timbre.

    Bom, segue todas as minhas duvidas:
    1 - a ponte tem tamanhos diferentes da abr1 gibson, achei uma jogada que o pessoal faz, ponte abr1 com adaptadores wilkinson... já ouviu falar dessa mudanca? vou trocar a ponte e tailpiece, e o nut (por graphtech)
    2 - a cavidade dos pots estão com tinta preta, essa tinta já é uma blindagem? ou me aconselha blindar com folha de cobre?
    3 - como sei q sao pots alpha, a medida deles deve ser o que eles chamam "metric" (menores que os cts). Quero refazer a fiacao, talvez colocando pots de 550k cts e capacitores a oleo, isso traria alguma melhoria significativa? (jack e switch serao trocados pelos switchcraft). Posso manter os alpha, tem muita diferenca quando as duas marcas tem o mesmo valor?
    4 - gosto muito dos caps stock da gibson (498t e 490r), gostaria ate de trocar os atuais por este, q acha? seguindo o estilo, as vezes acho os caps atuais meio fracos.
    5 - o braco dela é um toco neh (chinesa, ja viu). Pra deixa-lo rapido e confortavel, onde deveria lixar mais, os ombros ou o meio? (toquei em uma cort e ele era mais fino, mas parecia ter o mesmo ombro - tava com corda .09 - mas msm assim me pareceu mais rapido pra tocar e nao ficou desconfortavel)

    Sei que é uma melhoria e tanto (praticamente so a madeira fica kkkkkkk), mas ela é de estimação e quero muito deixá-la perfeita.

    abraco cara. tudo de bom

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. André, pareces ser um cara legal e gentl, mas por mais boa vontade que eu tenha, um questionário com 5 perguntas é fora de propósito. Se eu vivesse disso, beleza, mas fico mais tempo respondendo perguntas do que fazendo updates no blog.
      Isso é coisa pra postar no fórum da GP. Vou tentar ser o mais conciso possível.
      1 e 3 - A troca da ponte e tailpiece influencia muito pouco no timbre. O valor dos pots é mais determinante que a marca/qualidade. Capacitores influenciam menos ainda.
      2 - pode ser tinta ou blindagem - geralmente é a segunda.
      4 - captador é pessoal, mas qualquer Gibson é melor que os Epis
      5 - Se nunca lixaste braço e a guitarra custa mais de 300 reais, recomendo fazeres isso (assista o processo) com um luthier - é muito fácil passarmos do ponto "sem volta".
      A personalidade da guitarra está mais de 85% nas madeiras e tipo de construção - às vezes gastamos um dinheirão tunando e o timbre continua ali, cismando...

      Excluir
  20. Tomei a liberdade de copiar o texto (devidamente creditado) e postar no meu blog sobre gaitas. Espero que o meu pequeno público também se mobilize e assine a petição. Qualquer problema com o post me avise que eu removo numa boa. Continue com o excelente trabalho do seu blog! Abraço.

    http://gaitaepoesia.blogspot.com.br/2012/12/instrumentos-musicais-ficarao-mais.html

    ResponderExcluir
  21. Só tenho a agradecer pelo apoio, Caio!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  22. oi , estava vendo um Luthier para personalizar minha guitarra , achei um em ourinhos - SP que faz isso , usa uma tinta especial que ele faz la , parece q é só escolher a figura que ele faz . Ele ta cobrando uns 300 reais .
    Paulo May , é +- esse preço que acha para personalizar uma guitarra ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Personalizar" é muito relativo - pode envolver desde a troca de uma única peça até uma modificação ampla na guitarra.
      Nesse caso, me parece que é só pintura, não?

      Se ele retirar (nem pensar em pintar por cima) a pintura original e fizer uma nova, exclusiva, BEM FEITA, vale isso sim - até mais.

      Excluir
  23. Paulo, sei que aqui talvez não seja o canal correto, mas não encontrei outra forma de falar com você. Adquiri um decal da Fender para colocar na minha squier standard. Mas tenho algumas dúvidas. Aparentemente a madeira do braço não tem nenhum tipo de verniz parece ser crua. To na dúvida qual o método certo de remover o logo da squier sem que fique esbranquiçado. Tenho uma foto do headstok mas não sei como te mandar. É possivel ver os veios do maple na madeira de tão clara. Acho que uma fender não seria assim.
    Abraços
    Rodrigo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rodrigo, o Maple cru geralmente é branco/pálido assim. A maioria desses acabamentos é com óleo (Tung Oil) que seca e deixa um aspecto meio acetinado e não acrescenta cor.
      Terás que lixar a cara do headstock (lixa 200 a 300 - depois de retirar o logo original, passe para 400, 600 e 1200 pra deixar bem liso). Não recomendo aplicar o decalque de água na superfície crua, pois após cobrir com verniz incolor (e tem que cobrir, para proteção), ele contrasta muito pois fica com aspecto de fosco por baixo do verniz.
      Eu passo umas 4-6 camadas de verniz, deixo secar pelo menos 24 horas, aplico o decalque, deixo secar mais umas 12-24 horas e finalmente passo mais 4-12 camadas de verniz por cima.
      Assim como acontece com os decalques Fender até meados dos anos 60, em determinados ângulos da luz dá pra perceber o contorno do decalque, mesmo com o verniz. Fica "Vintage" :)
      A técnica para aplicação do verniz spray não é complicada mas qualquer bobeira ocorrem irregularidades ou o pior - gotas escorrendo. Atenção.
      Abraço!

      Excluir
  24. Paulo sempre que leio nesse blog sobre um hardware ruim penso logo que o que condena o hardware é a sua captação!
    estou certo ou um hardware ruim é produto de um todo?
    me desculpe se já respondeu esta pergunta antes para alguém,já que não encontrei nenhum post ou comentário que entra em detalhes sobre esta questão do hardware.. talvez esse possa ser um bom assunto para um possível post :)
    e me desculpe também por aumentar ainda mais o número de perguntas a serem respondidas no blog, e por atrapalhar ainda mais a sua rotina diária!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruno, "hardware" é tudo exceto as madeiras... Acho que todos os elementos são importantes.

      Excluir
  25. Eai , só para complementar uns comentarios anteriores , eu comprei essa guitarra http://www.barramusic.com.br/ecommerce_site/produto_118603_1526_Guitarra-SX-SST-ALDER-Estlo-Strato-American-Alder-Natural

    mas estou em duvida , oque eu preciso mudar para ficar boa(se precisar) ? e fiz uma boa escolha na sua opnião tecnica ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, quase METADE desse blog é sobre tunagem de guitarras baratas e tem pelo menos 3 posts sobre as SX. Fico até chateado de ler uma pergunta dessas.
      Por favor, use a pesquisa antes de perguntar!

      Excluir
    2. Eu só queria uma opnião , não entendo nada de guitarra ,mesmo se falar de uma peça , eu não entendo ,estou começando a me interessar por guitarra e vi que esse blog era sobre o tema e perguntei. Comprei essa guitarra Sx sst na American Alder e só queria saber se fiz uma boa escolha.

      Excluir
    3. Cara as guitarras da SX são super indicadas!
      as de Alder são de madeiras com um bom timbre e bom custo benefício..

      Porém pense um pouco agora vendo pelo lado do Paulo...
      somente neste post do blog existem mais ou menos 6 comentários sobre guitarras SX baratas...
      essas perguntas sobre guitarras SX e modificações no headstock geralmente são feitas sem a menos serem procuradas... eu já fiz uma pergunta sobre headstocks sem ter me tocado que já havia a resposta em no mínimo 2 posts do blog :) e realmente deve ser muito chato ter que ficar respondendo a mesma pergunta variadas vezes, sendo que é só olhar um pouquinho a cima pra poder achar a resposta.
      as vezes penso que o comodismo é mais forte....
      desculpe-me a introdução...
      sem mais

      Excluir
    4. Bruno Valeu por responder , agora to mais confiante , é q eu não soube procurar .

      Excluir
    5. Bruno, novamente, obrigado pela ajuda! :)
      Abraço!

      Excluir
    6. sem problemas "Anônimo" kk
      e não foi nada Paulo... é que as vezes precisamos nos colocar no lugar das outras pessoas pra tentar entende-las! kkk
      :)

      Excluir
  26. Xará, voltando ao assunto do post... estou é achando essa história toda muito estranha. Não sou tributarista e entendo relativamente pouco do assunto, mas valor adicionado é nome técnico e inclusive se refere a uma grande discussão no meio, que seria a migração dos atuais modelos de impostos praquele usado em muitos países melhor organizados nesse aspecto (pra citar um: Chile) - ao invés de ICMS com cobrança em cascata, cobra-se imposto pelo valor adicionado pela atividade, muito simplesmente a madeireira agregou valor X ao blank, paga imposto em cima disso; o luthier agregou Y, paga em cima disso etc etc.
    O que tá me saltando aos olhos são as porcentagens, que parecem irreais. A explicação mais simples que consegui achar pro que é MVA é "A Receita presume a margem média de valor agregado (diferença entre o preço que o consumidor final paga e o que a indústria vende) para cada segmento e cobra o tributo sobre essa margem. " Ou seja, os fiscais do ICMS descobriram que as intermediárias (representante, distribuidora, etc etc até chegar na loja) não botam 30% de "margem" (e aí depende do que se entende por margem, também), mas os 80-90% da nova MVA... e aí uma guitarra que a representante pega a preço de distribuidora na fábrica e que é vendida nos EUA por USD500-600 preço de loja (presumivelmente na fábrica custe menos que a metade...) chega aqui a múltiplos desse valor, batendo R$ 3500-4000 (pra citar a Fender Tele Thinline 69RI mexicana).
    Mais eu penso no assunto, mais essa é a conclusão a que eu chego. Muito estranho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelo insight, Paulo. Esse tipo de comentário só agrega valor ao blog! :)

      Excluir
  27. Olá Paulo!

    Parabens pelo blog! Toco guitarra a mais de 10 anos e nunca tinha encontrado um blog como o seu, tecnico e ao mesmo tempo simples para quem não entende do assunto.
    Tenho uma duvida: estou fora do país e acabei de comprar uma Custom Shop Rory Gallagher. Quanto ao projeto de isenção de imposto, a alfandega andou mudando algumas regras para quem esta trazendo instrumento do exterior, você sabe de algo ou da experiência de alguem que trouxe nos ultimos 2 anos?

    Forte abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Brunno. Siga o link:

      http://www.guitarplayer.com.br/forum/index.php?/topic/1639-lei-que-isenta-impostos-sobre-instrumentos-musicais/?s=06428f88f12c60e3f30d2aace4b105bc

      Excluir

Antes de perguntar, faça uma pesquisa no campo "Pesquisar nesse blog".