segunda-feira, 27 de julho de 2015

Trocando Tarraxas Kluson (Vintage Style) vs Grover (Modern Style)

Oscar Isaka Jr

          Trocar tarraxas já virou prática comum do cotidiano dos guitarristas. Sempre que compramos uma nova guitarra já olhamos o que podemos "melhorar" alguma coisa, seja na parte funcional ou meramente estética e as tarraxas são sempre um dos primeiros alvos de upgrade, pois existem vários modelos de excelente qualidade e custo relativamente acessível. 



         Pois bem, nesse final de semana estava testando alguns timbres com uma Les Paul aqui em casa e estava notando que a afinação não estabilizava. Afinava, tocava um pouco e bastava um único bend ou uma palhetada mais forte e pronto, a coisa já desandava. Eu estava até meio intrigado pois as tarraxas eram Gotoh com trava e isso não deveria estar acontecendo já que as cordas eram novas, nut lubrificado e tudo mais que manda a cartilha, mas algo ainda estava errado.
Olhando um pouco mais perto notei que em uma das tarraxas havia uma "folga" no buraco, como na foto abaixo:

Bucha da tarracha com folga
         Resolvi então retirar as tarraxas pra verificar se havia algo errado na instalação. Quando o fiz encontrei o que eu estava suspeitando, enquanto a furação das tarraxas dessa guitarra era para acomodar tarraxas tipo Grover modernas (10 mm de diâmetro), foram instaladas tarraxas do modelo Kluson da Gotoh, que apesar de serem com travas, têm especificações para o buraco da Kluson vintage tradicional com aproximadamente 9 mm de diâmetro.
Estava bem claro o motivo da instabilidade da afinação, pois o post da tarraxa não fica 100% firme e apoiado com a pressão das cordas. 

Comparação das medidas

      É uma diferença relativamente óbvia, e fica até difícil de acreditar que isso passaria desapercebido por quem instalou uma vez que as buchas da Kluson ficaria frouxa e cairia fora do furo, e realmente a pessoa que instalou percebeu isso e para remediar a situação enrolou pedacinhos de LIXA em torno das buchas a fim de preencher a folga.
A famosa "gambiarra" rsrs. Em alguns casos ela funciona e muito bem, como mostrado várias vezes aqui mesmo no blog, mas as vezes ela compromete o funcionamento correto da coisa toda. 


         Mas então eu não poderia ter uma tarraxa tipo Kluson em uma Guitarra previamente furada para Grover sem ter que gastar os tubos mandando para um luthier tapar os furos e refaze-los com o tamanho adequado? Claro que pode pequeno gafanhoto. :-) Existem buchas próprias para essa adaptação, que possuem todas as medidas para uma tarraxa Kluson/9mm, mas têm maior diâmetro para evitar folgas em um buraco feito para Grovers/10mm. A StewMac tem essas buchas (Clique aqui) e a GuitarFetish também (Clique Aqui). Ambas vem em jogos com as 6 unidades que podem ser usadas tanto para modelos com 6 em linha como 3 x 3.
Como eu tinha um jogo dessas buchinhas aqui, fiz a comparação com a "adaptação". Notem as diferenças de medidas. Isso, claro, sem contar que um pedaço de lixa não tem a mesma resistência mecânica que o metal usado nas buchinhas e a chance dele ceder com o tempo aumentando o problema é ainda maior.

Original, original + lixa e abaixo, a adaptadora
         A lixa até aumentou o diâmetro de maneira que as buchinhas originais não caíssem do buraco, mas não conferem a resistência necessária para estabilizar o eixo da tarraxa. Instalei as buchinhas adaptadoras na guitarra no lugar das "antigas + lixa, dei uma ajustada no tensor e nas oitavas e pronto, a Les Paul estabilizou e estava pronta pra guerra. Não teve mais nenhum problema de afinação. 


13 comentários:

  1. É muito bom ver o LPG ativo deppis de tanto tempo! Que continue cada vez mais!
    Um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Ontem eu vi no guitarfetish.com essas buchas à venda... mas na hora não entendi a aplicação delas. Até que vi esse post! :D
    Como sempre, muito esclarecedor! É a 1º vez que comento aqui e conheci o blog faz 2 meses apenas, mas tenho prazer em ler diariamente o blog de vocês! Agradeço a você e ao Paulo pela disponibilidade em compartilhar suas experiências aqui no LPG! Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Edson. Eu não lembrei que a GFS também tinha as buchas. Atualizei o post com o Link de lá também! Obrigado e volte sempre! :-D

      Excluir
  3. Fala Oscar. Esse post é muito útil, a confusão dos headstock com furação para tarrachas vintage e moderna é recorrente para muitos.
    Tomara que consigam tempo para voltarem a colocar novos posts, não tenho dúvidas que ambos tem bom material para compartilhar.
    Devagar e sempre!!
    Abs,

    Marçal.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aos poucos vamos voltando Marçal! :-) Obrigado pelo apoio e volte sempre!!
      Abraço!!!

      Excluir
  4. Há algum tempo resolvi colocar tarraxas no estilo Fender vintage numa Squier 51 e passei pela mesma questão. Apesar da ideia de fazer um modelo de guitarra com características retrô, muitos cortes de orçamento certamente foram feitos para manter esse modelo na faixa de preço que a empresa pretendia. Imagino essa ser a ideia por trás de usar tarraxas estilo modernas e bem genéricas. Eu já tinha as tarraxas da Wilkinson com estilo vintage e a tal "easy lock". Comprei esses adaptadores (três sets na verdade) pelo Ebay. Trabalho feito! Ótimo resultado! Mais tarde fiz o mesmo numa Giannini SuoerSonic que vendi recentemente. Obrigado por mais um post útil e interessante! Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado você por compartilhar Alex! Apareça sempre por aqui! Abraço

      Excluir
  5. Olá Oscar e Paulo, bom ver que o blog continua na ativa, já estava com saudades de ler novas matérias aqui.

    Enfim, tenho uma dúvida. Supondo que eu esteja com o mesmo problema nas buchas das tarraxas como descrito aqui, e não tenha em mãos as buchas corretoras e tampouco tempo hábil para compra-las, o que poderia ser feito?

    ABÇs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bruno, a outra solução correta seria você mandar num luthier para tapar os buracos e refazer os furos na bitola adequada pra bucha vintage ou mesmo comprar um set de tarrachas dessas blindadas com medidas modernas. Da pra fazer 1-2 shows se precisar com a "lixa" ou algum outro tipo de calço como quebra galho? Até dá, mas espere por instabilidade na afinação e correr o risco de danificar o poste da tarracha que vai ser forçado além do que deveria. Ok? :-)

      Excluir
  6. Oscar, por favor me tira uma dúvida...
    Ontem eu comprei uma SX SST 57 e, como vocês sabem, ela veio com tarraxas do tipo Kluson.

    No post aqui do blog sobre upgrade de SX, é recomendado a troca das tarraxas pelas Wilkinson EZ-Lock. Acontece que as EZ-Lock que eu vi na guitar fetish são do tipo grover e eu gosto muito do visual Vintage das tarraxas tipo kluson.

    Você sabe me dizer se esse modelo do link abaixo é uma boa 2º opção para eu fazer essa troca? Também são da Wilkinson.
    Obrigado e abração!

    http://www.guitarfetish.com/Wilkinson-Fender-Style-Nickel-Tuners-Six-for-Strats-and-Teles_p_891.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conheço esse modelo específico da GFS Edson, mas as medidas são as mesmas da sua sx.

      Excluir
  7. A uns anos troquei as tarraxas horiginais da minha epiphone por gotho,as duas modelo kluson.Pensei em por Grover,mas a diferença de preço das duas era enorme

    ResponderExcluir

Antes de perguntar, faça uma pesquisa no campo "Pesquisar nesse blog".