sábado, 27 de julho de 2013

QUIZ - Diferenças entre tipos de Saddles - veja qual é qual

        A maioria acertou as diferenças. O primeiro (o da introdução do vídeo não conta, mas é o mesmo que o primeiro) é o "bent steel" e soa mais grave, com mais corpo e ressonância. O segundo, que soa mais seco, um pouco mais contido porém com maior definição das notas, é o "block steel". Na minha opinião, os dois são ótimos e aí depende do gosto do freguês - eu prefiro a sonoridade do block steel e acho que no contexto de uma mixagem, com os demais instrumentos, ele provavelmente vai aparecer mais. (Paulo May)



14 comentários:

  1. Bom,então eu estava certo desde o inicio hehehehehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :-) A gente não bota fe que um componete tão simples faça diferença só pelo formato... Eu pessoalmente prefiro o Bent Steel!!

      Excluir
  2. Todas as minhas stratos usam o bent steel. Particularmente nunca dei muita relevância à diferença sonora do saddle por achar sutil demais (nunca me preocupei em ouvir as diferenças de um pra outro), mas sempre achei que fazem diferença principalmente por ser uma peça de contato direto com as cordas, e agora o video de vcs veio pra comprovar!!! Muito obrigado! :)
    Sempre usei os Bent pelo fato de sempre buscar seguir as especificações vintage nas minhas stratos, tanto pelo visual quanto para aproximar o máximo daquele timbre maravilhoso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre achei que não fazia diferença nenhuma pelo fato dos dois serem feitos de Aço, e é difícil atribuir uma sonoridade ao Saddle.

      Fiz o teste depois de ouvir o Guthrie Govan dizer que gostava mais dos Bent Steel e resolve tirar a prova dos 9.. Fez mais diferença do que eu imaginava! :-)

      Excluir
  3. Eu acertei nas características mas errei nos nomes... de qualquer forma, foi mto bom o teste. Decidi que vou continuar com meus saddles de inox da american deluxe, ainda mais porque tenho uma EJ em vista mto em breve... os saddles das Fender EJ são bent steel?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim Cicero. A EJ é inteira Vintage Spec exceto pelo braço QuarterSawn e escala com raio 12".

      Excluir
  4. saudações..... primeiro queria dar os parabéns para vc's 2 , aprendo muito , pura diversão, entro todo dia esperando um novo assunto !!!! Pelo que parece nós sofremos da mesma doença , que pelo jeito nao tem cura , eu nao consigo para de comprar guitarras , mas como nao sou milionário tenho feito garimpos em lojas de usados a procura de algo que mereça uma turbinada , esse tem sido a minha maior diversão !! Estou com um projeto novo nesse momento uma Tele squier 1998 , ontem estava vendo a sua tele com aquele acabamento de papel indiano , que ficou espetacular por sinal , e vi aquele suporte de cap que vc usou no braço , pretendo deixar a minha nesse estilo , sem escudo também . Paulo vc poderia me dizer onde comprou esse suporte ?? me de uma luz ??? Um grande abraço !! parabéns novamente para os dois!! Nos conte logo como foi seu encontro com a R9 !! Oscar, parabéns pela historia, foi muito divertido acompanhar a saga .......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nem fale Rodrigo.. Isso é um vício realmente. :-)

      Excluir
    2. Obrigado Rodrigo.
      Comprei a moldura metálica aqui. Observe que há o modelo para single de tele e de strato:
      http://store.guitarfetish.com/Guitar-Hardware_c_37.html

      Excluir
    3. blz gente, muito obrigado pela atenção....abraço a todos!!!

      Excluir
  5. Poxa vida! Esse blog aqui tá virando uma cartilha pra mim, ultimamente tudo que eu tenho dúvida, acabo achando aqui! Muito legal mesmo, parabéns novamente pro Paulo May e Oscar Jr., você são feras!
    Só tenho uma dúvida e talvez, uma sugestão de post (se vocês aceitarem, claro! haha)
    Eu procurei algo falando sobre instalação e posicionamento de pontes, mas não achei nada muito esclarecedor.
    Na verdade, não acho que seja tão simples como "medir a distância do nut até a 12a casa e então, colocar a mesma medida da 12a até o suposto local da ponte" hahah Ou, pode ser fácil assim e eu que sou meio paranóico, espero que seja!
    Paulo, como você faz pra calcular o ponto certinho de instalação? Eu me inspirei bastante nos seus posts e agora quero montar uma partscaster hehe Só que reparei que a maioria dos corpos vendidos (Mighty mite, GFS, Stew mac...) não vem com a furação da ponte!

    Valeu! Abraço e sucesso!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Gabriel!
      Cara, já falei aqui algumas vezes (procure nos posts das Telecasters) que uma das coisas que mais detesto é posicionar pontes. Sempre segui a regra das distâncias e sempre deu certo, mas o foda é deixá-la reta em relação ao braço (lembro que a ponte só pode ser posicionada com o braço já instalado)! Odeio fazer isso mas fui obrigado em pelo menos quatro teles. Isso sem falar nos furos das cordas... :).
      A segunda distância (12º traste até os carrinhos) deve ser medida na metade do carrinho/parafuso da primeira corda.
      Se for a primeira vez, minha recomendação é levares a guitarra num luthier e assistir o processo.

      Excluir
    2. Entendi, Paulo!
      Deve ser um trampo meio chatinho mesmo!
      Acho que pra primeira vez, vou fazer isso que você disse: Levar num luthier e assistir o processo, não tinha pensado nisso.
      Brigadão pela ajuda, Paulo! Abraço

      Excluir
    3. De nada :)
      Depois conte como foi.

      Excluir

Antes de perguntar, faça uma pesquisa no campo "Pesquisar nesse blog".